sábado, 10 de setembro de 2016

Advogados divergem sobre a elegibilidade de Nabor Wanderley.

Logo após o juiz da 28ª Zona Eleitoral, José Milton Barros de Araújo, indeferir nesta sexta-feira (9) o registro de candidatura do deputado estadual Nabor Wanderley (PMDB), que disputa a Prefeitura de Patos, vários comentários jurídicos a respeito do assunto tiveram início em Patos.
Alguns juristas, como por exemplo, Phillipe Palmeira e Taciano Fontes, que defendem a coligação encabeçada pelo candidato, Dinaldinho, responsável pela ação na Justiça Eleitoral, estão convictos que Nabor terá sua candidatura barrada em instâncias superiores (TRE e TSE).
Por outro lado, o advogado Alexandre Nunes, que comanda a banca de advogados que defendem o grupo de Nabor Wanderley, afirma que o candidato é completamente elegível, inclusive sem nenhuma conta reprovada por órgão colegiado. O advogado disse que respeita a decisão do juiz de 1ª Instância, mas afirma que a decisão é injusta e errônea. Ele afirmou que já recorreu ao TRE, e que seu cliente poderá continuar normalmente com a campanha eleitoral.
Patos online

Nenhum comentário:

Postar um comentário