quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Acordo entre Palocci e Lava Jato ameaça Lula


A possibilidade de Antonio Palocci Filho fazer delação premiada na Operação Lava Jato causa alvoroço entre integrantes das equipes que acompanham as investigações. A expectativa é que ele poderia fornecer uma ponte que ligaria, por exemplo, Marcelo Odebrecht e o ex-presidente Lula. A avaliação é de Mônica Bergamo, na sua coluna desta quinta-feira na Folha de S.Paulo.
Lula e Marcelo Odebrecht, -- lembra a colunista, -- nunca tiveram boa relação. Segundo um interlocutor de Lula, o petista achava que ele era "um menino riquinho, que olha de cima para baixo". O diálogo fluía melhor com o pai, Emílio Odebrecht.
Segundo ainda Mônica, conversas sobre recursos para campanhas eleitorais, por exemplo, seriam tratadas, por isso mesmo, com Antonio Palocci.
A defesa do ex-ministro nega que ele tenha intenção de fazer delação. E interlocutores de Lula afirmam que Palocci não teria como jogar no ex-presidente a culpa de fatos irregulares, sobre os quais ele não teria nenhuma responsabilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário