quinta-feira, 20 de outubro de 2016

LÍDERES DO DEM ACREDITAM QUE PRISÃO DE LULA É A PRÓXIMA


Assessoria

Após a prisão do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) nesta quarta-feira, 19, os líderes do DEM no Congresso Nacional acreditam que o próximo a ir para a cadeia é o ex-presidente Lula.
O senador e líder do partido no Senado, Ronaldo Caiado (MS), minimizou o episódio com o peemedebista desta tarde, classificando-a como “mais uma prisão”. Para ele, trata-se de uma “etapa anterior àquela que é, indiscutivelmente, a mais esperada, que é a do Lula”. No mesmo tom, o líder do partido na Câmara, Pauderney Avelino (AM), declarou que "as portas de Curitiba estão abertas também para o Lula". O ex-presidente também é réu na Lava Jato.
Pauderney também aproveitou para provocar os petistas. "O pessoal do PT dizia que, para prender Lula, teriam que antes prender Eduardo Cunha. Se for seguir a tese do PT, o caminho está aberto".
Quanto a um possível acordo de delação premiada, Caiado avalia que Cunha "não será uma exceção" e deve acabar fechando a colaboração para sair da cadeia. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário