Cunha e Moro: malvado favorito ante algoz


Um integrante da Força Tarefa assim definiu o primeiro encontro de Eduardo Cunha com o juiz Sergio Moro, nesta semana: “O Malvado Favorito ficará cara a cara com seu algoz”.
As principais campanhas eleitorais de 2008, 2010, 2012 e 2014 beberam na fonte da Odebrecht, sobretudo as nacionais e as de SP, Rio e Minas. “Era a certeza de não tomar calote”, diz um marqueteiro das antigas.
Após Duda Mendonça falar em caixa dois na campanha de Paulo Skaf, em 2014, por meio da empreiteira, profissionais que atuaram na comunicação de eleições para governador brincaram que criarão um “sindicato dos marqueteiros” para fazer uma delação conjunta da categoria.  (Painel – Folha de S.Paulo)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense