sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Jarbas diz que não se arrepende por não ter apoiado Antonio Campos para prefeito de Olinda

Jarbas Vasconcelos - foto Jane de Araújo - Agência senado
Citado na bombástica entrevista de Antonio Campos como um dos políticos mais prestigiados hoje na Frente Popular, embora tenha chamado Eduardo Campos de “ladrão” no episódio dos precatórios, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) respondeu à “provocação” na coluna de Renata Bezerra de Melo da “Folha de Pernambuco” desta quinta-feira (3).
Ele disse que não gravou para o guia eleitoral de Antonio Campos, no segundo turno, apesar de este ter solicitado a gravação, e que não se arrepende de ter feito isto.
“Fiz muito bem”, disse o deputado peemedebista, que no primeiro turno apoiou Ricardo Costa (PMDB) e no segundo ficou neutro. Costa apoiou Antonio Campos.
Tanto Jarbas como o vice-governador Raul Henry iriam fazer uma gravação para o horário político de Antonio Campos. Mas desistiram depois que ele (Campos) fez uma gravação em Caruaru pedindo votos para Raquel Lyra (PSDB), a prefeita eleita.
Raquel derrotou o deputado Tony Gel (PMDB), que era o candidato de Jarbas/Raul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário