MAIA GARANTE "PARTICIPAÇÃO" NA ELEIÇÃO PARA PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

 REDAÇÃO


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 7, que vai participar da próxima eleição para presidência da Casa, prevista para fevereiro de 2017. "Vou participar de alguma forma. Vamos ver qual vai ser a melhor forma possível", disse em rápida entrevista ao deixar a Câmara.
A declaração ocorre em meio às articulações de bastidores de Maia para tentar viabilizar sua reeleição. O deputado do DEM articula a apresentação de uma consulta para saber se um presidente eleito para mandato tampão, como ele, pode tentar se reeleger para o comando da Casa.
Pelo entendimento vigente, um presidente da Câmara só pode se reeleger quando há uma eleição de deputado no meio da eleição interna na Casa. Interlocutores de Maia argumentam, porém, que o caso dele é diferente, pois ele foi eleito em julho para um "mandato-tampão" de 7 meses, após o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciar ao comando da Casa.
O PSDB, que vinha defendendo lançamento de candidatura própria para a presidência da Câmara, já admite apoiar a reeleição de Maia, caso ele se viabilize juridicamente. No último sábado, 5, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou que a recondução de Maia é "uma solução natural" para a Casa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense