O dia em que Caiado escrachou Garotinho


Por Felipe Moura Brasil
A prisão do ex-governador Anthony Garotinho (PR-RJ) na quarta-feira por compra de votos fez lembrar as acusações de “chefe de quadrilha” que o então deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) lhe dirigiu na Câmara em 14 de maio de 2013 durante discussão sobre a Medida Provisória dos Portos (595/12).
Curiosamente, o então deputado Garotinho havia feito “uma denúncia séria em plenário de que houve compra de votos para a votação de emenda aglutinativa à MP dos Portos”, como tuitou o próprio Caiado na ocasião, quando DEM e PSDB decidiram obstruir a votação da matéria.
Garotinho disse que os dois partidos deveriam entrar em contato com o empresário Daniel Dantas para saber quais eram os interesses por trás do que chamou de “MP dos Porcos”.
“Estou convencido de que vossa excelência faz parte do chiqueiro”, rebateu Caiado.
O vídeo acima, publicado pelo canal Central da Oposição, termina com a cena de Garotinho esbravejando na maca na noite de quinta-feira contra a sua transferência do Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio.
Quem era mesmo o comprador de votos?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo