PMDB DEFINE EUNÍCIO PARA PRESIDÊNCIA DO SENADO

Diário do Poder

Após acordo com o Palácio do Planalto, que pediu para o partido evitar a disputa, o PMDB definiu o seu candidato a presidente do Senado, em fevereiro: Eunício Oliveira (CE). Líder do PMDB, o senador cearense convenceu o senador Romero Jucá (RR), o preferido de Renan Calheiros, e Garibaldi Alves (RN), a abrirem mão da concorrência. Jucá já havia definido seu papel: o de Líder do Governo no Congresso.
Se Eunício desistir, são possíveis substitutos Raimundo Lira (PB) e Simone Tebet (MS). Uma coisa é certa: um deles será Líder do PMDB.
O PT e seus aliados “independentes” ameaçam candidatura própria, mas, para evitar um vexame, torcem por uma mãozinha de Renan.
A turma de Renan pretende pressionar Eunício, candidato ao governo do Ceará em 2018, não dispute a reeleição à presidência do Senado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo