segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Governo identifica movimento contra Moraes de olho na Lava Jato

Por Gerson Camarotti

O Palácio do Planalto já identificou um movimento em alguns setores da base aliada para tentar desestabilizar o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. Até mesmo entre caciques do PMDB tem havido plantação de notícias na imprensa contra Moraes.

Mas, para auxiliares do presidente Michel Temer, esse movimento não tem relação com a situação da segurança pública no país. Alguns políticos querem aproveitar esse momento de crise nas penitenciárias para ter um argumento para trocar o comando do Ministério da Justiça.

Na prática, a maior motivação de políticos aliados não é a onda de massacres, mas, sim, o avanço nas investigações da Lava Jato pela Polícia Federal. Tem peemedebista que trabalha nos bastidores para a mudança de controle na Polícia Federal.

Em tempo: Temer já identificou esse movimento. Para auxiliares do presidente, é um erro tentar desestabilizar Alexandre de Moraes, principalmente num momento de tensão nos presídios.

Nenhum comentário:

Postar um comentário