Assombração


O Globo - Coluna Poder em Jogo
Por Lydia Medeiros
O Congresso ainda tem fantasmas. O deputado pernambucano Adalberto Cavalcanti Rodrigues (PTB) foi acusado de desviar R$ 90 mil da verba destinada à manutenção do seu gabinete. Conforme a ação proposta pela Procuradoria da República, na quinta-feira, em Brasília, ele usou a verba na "contratação" de uma assessora que, na realidade, era sua empregada doméstica. Ela foi vítima, esclarece a Procuradoria.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense