Benjamin insatisfeito com movimentações de Wilson para voltar a coordenar bancada


Benjamin insatisfeito com movimentações de Wilson para voltar a coordenar bancada
 PB Agora
O deputado federal Benjamin Maranhão (SD) está, digamos, insatisfeito com as movimentações para não reconduzi-lo à coordenação da bancada paraibana no Congresso. E queixou-se de que Wilson Filho (PTB) estaria recolhendo assinaturas para assumir o cargo do qual já foi titular. Este último negou, mas disse que alguns integrantes pediram que ele assumisse novamente a função. “Não estou colhendo assinatura nem nada disso não. Alguns deputados conversaram comigo sobre isso sim. Mas vamos esperar. Já dei minha contribuição e se a bancada achar que está na hora de dar uma nova roupagem a coordenação, eu estou à disposição”, disse Wilson Filho.

O deputado do PTB explicou que a coordenação deve ser renovada todos os anos com a instalação da Comissão Mista de Orçamento, mas que “geralmente”, a bancada paraibana faz a escolha através de consenso. “Com a instalação da Comissão de Orçamento precisa se eleger os coordenadores e ela ainda não foi instalada para este ano. A coordenação de bancada é uma função legislativa junto à Comissão de Orçamento”, disse.

A bancada federal paraibana no Congresso Nacional que tem como coordenador o deputado federal Benjamin Maranhão (SD), recentemente deu cano no parlamentar do SDD que cobrou publicamente a ausência dos deputados e senadores na reunião entre o governador Ricardo Coutinho (PSB) e o presidente Michel Temer (PMDB), em Brasília no fim do ano passado.

Benjamin disse que tem como metas ainda a frente da bancada soluções dos problemas graves do Estado, a exemplo da questão da seca, do desabastecimento das cidades e os problemas de saúde e de segurança pública.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo