Prefeita eleita de Ipojuca quer hospital de referência


Do G1/PE
A cidade de Ipojuca, no Grande Recife, foi às urnas, ontem, para eleições suplementares e escolheu como nova prefeita do município Célia Sales (PTB). Em entrevista ao Bom Dia PE de hoje, a prefeita eleita falou de suas prioridades, como a criação de um hospital de referência na cidade. (Veja vídeo acima)
“Na saúde, pretendo trazer um hospital de referência. Já teremos apoio de alguns deputados, que estão ao nosso lado e já se dispuseram a trazer recursos, ajudar a fazer isso. Vamos fazer os postos médicos funcionar 24 horas, porque a doença não tem hora”, afirmou Célia Sales.
A gestora prometeu ainda investir na infraestrutura, especialmente na questão do saneamento. “Vamos fazer o saneamento básico, o estacionamento, infraestrutura de Porto de Galinhas, investir no turismo”, garantiu.
A questão de geração de emprego também está entre as prioridades da prefeita eleita, que aposta na criação de um distrito industrial para poder alavancar a economia do município, que é também sede do Porto de Suape. “Vamos ter um distrito industrial em Camela, já temos algumas empresas para ir para lá. Temos as creches e as moradias que vamos construir”, enumerou.
Eleição
Com 31.010 (55,20%) dos votos válidos, Célia Sales (PTB) foi eleita prefeita de Ipojuca, que será governado por uma mulher pela primeira vez. O segundo lugar ficou com o candidato Carlos Santana (PSDB), com 29.925 votos (42,58%). Olavo Aguiar (PMN) recebeu 1.247 (2,22%) votos e ficou em terceiro lugar.
Célia Sales tem 52 anos e é funcionária pública. Mãe de dois filhos e esposa de Romero Sales (PTB), ela nunca ocupou um cargo político, mas acompanhou o marido quando ele era vereador e secretário de Educação de Ipojuca. O novo pleito foi realizado porque o esposo dela, o candidato mais votado em outubro do ano passado, teve o registro indeferido por uma condenação de improbidade administrativa.
As eleições suplementares em Ipojuca tiveram um total de 58.214 votos apurados. Desses, 56.182 foram validados. Houve ainda 732 votos brancos e 1.300 anulados. Durante o pleito, quatro das 188 urnas eleitorais apresentaram problemas. Elas foram trocadas e não houve interrupção na votação, de acordo com o TRE-PE. Célia Sales tem até o dia 20 de abril para ser diplomada.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense