Em 1º ano de governo, Temer defende reformas


Do UOL

Em reunião no Palácio do Planalto, hoje, para marcar o primeiro ano de governo, o presidente Michel Temer voltou a defender as reformas trabalhista e da Previdência e afirmou que os trabalhadores não perderão direitos, crítica comum entre opositores das reformas. "Não haverá nenhum direito a menos para o trabalhador brasileiro", disse Temer. 

Com popularidade em baixa, o presidente afirmou que o projeto da reforma, já aprovado na Câmara do Deputados, garante os direitos que estão protegidos pela Constituição e chamou de "irresponsabilidade" as críticas de que o texto retira direitos dos trabalhadores.

Críticos do texto apontam que o projeto permite que acordos coletivos entre sindicatos e empresas possam se sobrepor às regras das leis trabalhistas, o que, na prática, poderia significar a alteração de direitos assegurados na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo