quinta-feira, 11 de maio de 2017

Gilmar chama Marco Aurélio de velhaco


Blog de Josias de Souza
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, abespinhou-se com o gesto de um colega. Em ofício à presidência da Corte, Marco Aurélio Mello declarou-se impedido de atuar em processos que envolvam o escritório do advogado Sergio Bermudes, onde trabalha sua sobrinha, Paula Mello. Fez isso num instante em o procurador-geral da República Rodrigo Janot tenta impedir Gilmar de julgar casos sobre Eike Batista, pois sua mulher, Guiomar Mendes, também integra os quadros da banca de Bermudes, que defende o empresário.
Gilmar transbordou numa declaração feita ao repórter Jorge Bastos Moreno, de O Globo. Referiu-se a Marco Aurélio em termos radioativos: “Os antropólogos, quando forem estudar algumas personalidades da vida pública, terão uma grande surpresa: descobrirão que elas nunca foram grande coisa do ponto de vista ético, moral e intelectual e que essas pessoas ao envelhecerem passaram de velhos a velhacos. Ou seja, envelheceram e envileceram.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário