terça-feira, 16 de maio de 2017

"Os prefeitos precisam pressionar o Congresso"


Os líderes do movimento municipalista e presidentes das entidades estaduais discursaram na plenária da XX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios e reforçaram: "os prefeitos precisam pressionar os parlamentares para que votem demandas que atendam aos municípios".

O presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, disse que é preciso "articular nossas bancadas federais”. Ele destacou ainda que os gestores devem buscar os parlamentares. "Este é o momento de fazer pressão e ter coragem”. Fraga afirmou ainda que o deputado municipalista não é aquele que dá emendas, mas sim aquele que vota a favor dos Municípios.

Da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, Benes Leocadio, também cobrou dos prefeitos que, nesse momento, todas as lideranças municipais têm que se concentrar na derrubada do veto do ISS para trazer esses R$ 6 bilhões aos cofres municipais.

No mesmo contexto, o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, lembrou: “O Brasil não sairá da crise se não olhar para os municípios. nós, prefeitos, temos a responsabilidade de carregar o país nas costas. A marcha mostra que temos que continuar nessa luta sim”.

De Rondônia, o presidente da Associação Rondoniense de Municípios (Arom), Jurandir de Oliveira, ressaltou que 90% dos Municípios do Estado estão presentes no evento. “Isso mostra o tamanho da força do movimento municipalista.” Ele reforçou: “O que peço aos senhores é que cobremos mais nossos parlamentares. Nossos interesses estão nas mãos deles”, reforçou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário