sexta-feira, 19 de maio de 2017

Saiu e voltou

 Primeiro a cair fora do Governo por achar irreversível o afastamento do presidente Temer, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, recuou da decisão mais tarde quando se inteirou da decisão da cúpula do seu partido de se manter firme no apoio ao Governo. Raul Jungmann, ministro da Defesa, também pernambucano, teve que divulgar uma nota oficial diante das notícias de que teria abandonado o barco também.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Eduardo Azeredo se entrega à polícia

O ex-senador e ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) se entregou às 14h45 desta quarta-feira (23) em uma delegacia de Bel...