Temer não esqueceu Pernambuco. Vem aí novamente


Marisa Gibson, na sua coluna DIARIO POLÍTICO desta terça-feira
Até o fim desta semana, o presidente Michel Temer (PMDB) deve marcar a nova data para vir ao Estado e assinar, em Suape, o ato em que o governo federal devolverá  ao estado autonomia do porto.
Os acertos estão sendo feitos com o vice-governador Raul Henry (PMDB). A solenidade deveria ter ocorrido no dia 27 de abril, mas foi cancelada.
A visita de Temer a Pernambuco está condicionada a muitos fatores, a começar pela aprovação das reformas da Previdência na Câmara dos Deputados e a trabalhista no Senado.
Como o presidente se envolve pessoalmente nas articulações com os parlamentares, sua agenda fica sempre muito comprometida.
Além disso, ainda tem a novela do PSB, partido que está dividido em relação às reformas. embora o  governador Paulo Câmara (PSB), um crítico à forma como as mudanças foram apresentadas pelo governo federal, seja contrário ao fechamento de questão em relação à Previdência, o que conta ponto para o Palácio do Planalto. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo