terça-feira, 6 de junho de 2017

Planalto quer julgamento rápido


Gerson Camarotti, do G1
Avaliação pragmática feita no núcleo do Palácio do Planalto indica que um prolongamento do julgamento no Tribunal Superior Eleitoral aumenta o risco de cassação da chapa Dilma-Temer. Por esse raciocínio, a situação política pode se agravar nas próximas semanas com reflexos no julgamento do TSE.  
Por isso mesmo, o núcleo mais próximo do presidente Michel Temer prefere que não haja pedido de vista. "É preciso superar logo esse julgamento no TSE. Caso contrário, Temer ficará com uma faca no pescoço por muito tempo", observou um auxiliar palaciano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário