segunda-feira, 5 de junho de 2017

Voto de Fux deve nortear julgamento de Temer no TSE

Os ministros do TSE têm trocado informações sobre o processo que pode cassar o mandato do presidente Michel Temer, o que aumenta a percepção de que não haverá pedido de vista do relatório de Herman Benjamin, no julgamento de amanhã. A expectativa é que o voto do ministro Luiz Fux funcione como um norte para os demais membros da Corte, podendo definir o resultado. Como as questões centrais do julgamento são processuais, o voto dele ganha importância por ter sido presidente da comissão que elaborou o Código de Processo Civil.
Na bolsa de apostas do julgamento, pelo menos dois votos são considerados certos pela cassação da chapa Dilma Rousseff-Michel Temer. São os do relator Herman Benjamin e o da ministra Rosa Weber. O voto de Fux é considerado uma incógnita.
O julgamento que pode cassar Temer e punir Dilma vai começar às 19 horas. É comum que casos importantes se estendam até a madrugada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário