Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Olho no Senado pelo PTB

Imagem
Pelas negociações que se processam em Brasília, o DEM se incorpora ao PTB, estando descartado o surgimento de novo partido. Com a notícia de que o ministro Armando Monteiro está arrumando as malas para o PDT, o presidente do DEM em Pernambuco, Mendonça Filho, vira trabalhista, filiando-se ao PTB, para disputar uma das vagas ao Senado em 2018.

Nota oficial: Apenas mais um bandido que enfrento

Imagem
31 de março de 2015 O comportamento do ex-senador Demóstenes Torres é típico de um psicopata. Cassado pelos seus pares, em seus momentos de alucinação, por não suportar a sua derrocada política e moral, ele tenta lançar mentiras contra mim. Pela fama que tem de montar dossiês, de perseguir e ameaçar as pessoas, até como fonte de manutenção de seus gastos faraônicos, acha que esse expediente vai funcionar comigo. Nessa moita que Demóstenes está escondido, não tem nenhum leão, apenas ratos. Todos me aconselharam a não polemizar com um corrupto, mau-caráter, sem credibilidade, cheio de mágoas por ter sido flagrado num esquema que envergonhou Goiás e o Brasil. Mas minha formação é diferente. Sou preparado e acostumado a enfrentar bandidos. Até com mais determinação que o debate das teses políticas. Enfrentar o canalha Demóstenes será mais um capítulo de minha vida. Nunca fui sustentado por Carlinhos Cachoeira nem fui de seu círculo de amizades. Sou um homem desencabrestado. Como médico, a…

Aleluia apresenta requerimento

Imagem
Fonte: Assessoria de imprensa O deputado federal José Carlos Aleluia (BA), apresentou nesta segunda-feira (30), requerimento para a criação de uma Comissão Externa Temporária para acompanhar e coletar informações acerca das investigações sobre irregularidades do Fundo de Pensão dos Correios, Postalis. Dados recentes apontam que o Postalis perdeu mais de 25% de seu patrimônio na última década, por meio de diversas operações fraudulentas de seus diretores. O prejuízo será pago pela estatal e por cerca de 200 mil trabalhadores, que serão descontados em cerca de 1/4 de seus vencimentos pelo período de 15 anos. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) está conduzindo investigações que apuram a existência de fraudes cometidas pelos executivos da entidade. Aleluia afirma que ao criar uma comissão externa a Câmara dos Deputados cumprirá com seu dever de instância fiscalizadora da Administração Federal, “além de contribuir para que as suspeitas de fraude sejam apuradas em sua integridade e seus…

Congresso cobra solução para dívidas

Imagem
O PMDB indicou na noite desta segunda-feira ao ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que pode adiar a votação no Senado do projeto de lei que fixa prazo de 30 dias para o governo regulamentar a troca dos indexadores da dívida dos Estados e municípios. Para isso, senadores do partido esperam que o responsável pelo ajuste fiscal do governo apresente uma solução para todos os entes federativos que querem rever seus pagamentos para a União. O texto, já aprovado pela Câmara, está na pauta de votação de hoje do Senado. Levy participa pela manhã da audiência pública na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Na noite de ontem, o ministro se reuniu com parlamentares no gabinete do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Ao tentar negociar o adiamento da votação do prazo para regulação, Levy apresentou soluções apenas para o município do Rio de Janeiro, único que até o momento apresentou ação judicial para exigir a adoção do novo indexador da dívida, conforme lei sancionada pel…

O fato: é preciso cortar gastos

Imagem
A máquina do governo é insustentável. Outro problema: o governo Dilma praticamente dobrou os gastos de custeio e em contrapartida reduziu os investimentos. Enquanto despesas de custeio passaram de R$ 784 bilhões para R$ 1,4 trilhão do segundo mandato do governo Lula para o governo Dilma (92%), os investimentos tiveram uma alta bem menor, passando de R$ 122,9 bilhões para apenas R$ 194,2 bilhões. Em 2014, o custo total de investimentos foi um pouco mais de R$ 57 bilhões. Já o custeio, R$ 474,4 bilhões.

Embora prometa cortar despesas, o governo não pretende reduzir o custo com o pessoal, que consome muito mais do que os principais programas sociais do governo. O Bolsa Família, por exemplo, receberá R$ 27 bilhões – o correspondente a 12% do que o País gasta com servidores federais. Já a Saúde, considerada área prioritária para os brasileiros em todas as pesquisas realizadas, a previsão total para 2015 é de R$109 bilhões. Custará, portanto, metade do gasto do governo com o funcionalismo.

Redução da maioridade penal é aprovada

Imagem
Do Correio Braziliense Sob protestos, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou proposta de emenda à constituição que reduz de 16 para 18 anos a maioridade penal. A PEC 171/1993 foi considerada constitucional por 42 deputados, que aprovaram o relatório do deputado Marcos Rogério (PDT/RO) – favorável à admissibilidade da proposta – diante de 17 votos contra. Ele foi escolhido como novo relator após o parecer original, do deputado Luiz Couto (PT-PB), contrário à admissibilidade da proposta, ser vencido por 43 a 21 votos. O texto segue para análise de uma comissão especial a ser formada que pode demorar até 40 sessões e terá de passar por duas votações no plenário da Câmara. “Ela (a PEC) visa reduzir um direito individual, o que é expressamente proibido", afirmou Couto, ao defender que a proposta deveria ser arquivada por alterar uma cláusula imutável da Constituição de 1988. Ele também destacou a ineficácia da medida para reduzir a violência. Segund…

Deputado e vereador: voto próprio, não do partido

Imagem
Nas próximas eleições, deputados e vereadores poderão ser eleitos pelos votos reais que tiveram, por captação pessoal, e não pelo chamado voto proporcional, que é apurado com a soma de todos os votos dados a um partido. O presidente da Comissão Especial da Reforma Política, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), quer esta mudança, Ele defendeu hoje a eleição de deputados federais pelo sistema majoritário, o chamado “distritão”, em que cada estado é transformado em um distrito e os candidatos mais votados estão automaticamente eleitos. “Apesar de ser do DEM, concordo com a ideia defendida pelo PMDB, de que o ‘distritão’ é um passo a frente”, disse Maia, durante seminário promovido pela comissão especial, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, para debater com parlamentares, especialistas, autoridades e a população temas relacionados à reforma política.

Presente ao seminário, o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, reforçou o compromisso de votar a reforma p…

Culpa pela má fase do PT é do próprio PT, diz Mendonça Filho

Imagem
Por Inaldo Sampaio O líder do Democratas na Câmara Federal, deputadoMendonça Filho, disse em discurso nesta segunda-feira que a culpa pela má fase que o PT atravesse é do próprio Partido dos trabalhadores. Foi a propósito do documento dos petistas dizendo que o partido está sob ataque da “direita” e da “extrema direita”, supostos responsáveis pelas manifestações do último dia 15 contra o governo Dilma Rousseff. Segundo Mendonça, é perda de tempo o PT querer “transferir responsabilidades” porque o partido é que é culpado pelo escândalo da Petrobras e o desgoverno na economia. Para o deputado, foi o PT que prometeu crescimento pleno e que se apresentou como o partido que lutava contra a corrupção, sem, no entanto, cumprir com o que havia prometido. “Recessão, estagflação e corrupção foi o que levou três diretores da Petrobras para a cadeia. É o PT que está se aniquilando”, afirmou.

Brasil: 'O problema é a Dilma', diz Tasso Jereissati

Imagem
O senador tucano afirma em entrevista a Joice Hasselmann que a crise política é agravada pela postura da Presidente: "Cada vez que ela se pronuncia irrita ainda mais a população". Sobre os sucessivos escândalos envolvendo o Partidos dos Trabalhadores, Jereissati afirma que "a blindagem a Lula, a sacralização da figura dele, começa a desmoronar".

LAVA JATO É PRETEXTO PARA FIM DO CONTEÚDO NACIONAL

Imagem
Instituto Brasileiro do Petróleo (IBP), que tem entre seus associados multinacionais como Shell, Chevron e Repsol, além de empresas nacionais do setor de óleo e gás, já defende a revisão da política de conteúdo nacional nas compras da Petrobras; "Precisamos simplificar mais o conteúdo local, buscar um maior foco. Nenhum país do mundo consegue produzir tudo. Temos que focar na área da indústria onde tivermos maior vantagem comparativa", disse Jorge Camargo, que assumiu o IBP depois de comandar a norueguesa Statoil; política de conteúdo nacional foi criada após a descoberta das reservas do pré-sal, que deu ao Brasil vantagens comparativas; no entanto, com os estaleiros e empreiteiras em frangalhos, ela pode ser abandonada, abrindo espaço para importações no setor de óleo e gás

Ministro reconhece momento de “turbulência”

Imagem
Por Magno Martins  O ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva, que tomou posse hoje, disse que o governo passa por um momento de “turbulência e ajuste”, e salientou que o diálogo com a imprensa e a sociedade será ampliado. “Este é um momento de turbulência e de ajustes, mas este governo tem credibilidade e pode dizer ao povo brasileiro o que vai ser feito no futuro”, disse. “Precisamos estabelecer diálogo franco com a sociedade, mostrando que um governo que já fez, tem todas as condições de conduzir o país neste momento e de continuar fazendo”, disse em entrevista após tomar posse. Segundo Silva, em sua gestão não haverá “tema proibido, conflito que não possa ser explicado, nem contradição que não possa ser esclarecida”. O novo ministro substitui Thomas Traumann, que deixou o governo na última semana. Silva defendeu a integração da política de comunicação de governo e disse que vai se basear em critérios técnicos para definir as açõ…

"CHEGOU A HORA DE COLOCAR O LIXO PRA FORA, DA PRESIDENTE IR EMBORA E LEVAR JUNTO O PT"

Imagem

FORA DILMA!

Imagem
Vem Pra Rua dia 12/4, em todo o Brasil!

Em meio a um ajuste fiscal que tem apertado o bolso do brasileiro

Imagem
Em meio a um ajuste fiscal que tem apertado o bolso do brasileiro, com contas de luz nas alturas e o país vivendo uma crise de energia sem precedentes, governo brasileiro vai desembolsar R$ 60 milhões para reformar uma usina térmica que será doada para a Bolívia! A recauchutagem da usina, com o transporte e montagem no país custará R$ 60 milhões ao Brasil. O dinheiro já foi transferido pelo governo para a Eletronorte, responsável pela reforma. Por meio de nota, o Ministério de Minas e Energia informou que o acordo teve como objetivo "promover a cooperação energética com a Bolívia". O ministério disse que a transferência de 60 milhões de reais foi autorizada por meio da Medida Provisória 625/2013

“Nada contra o programa. Tudo contra a corrupção”

Imagem
Cássio alerta para manipulação de informações a respeito do ‘Mais Médicos’.                                                                   
O senador Cássio Cunha Lima alertou a sociedade, nesta terça-feira (31), a respeito de uma clara manipulação de informações a respeito da execução do programa Mais Médicos. Para ele, está evidente o interesse federal de continuar financiando a ditadura castrista em Cuba.
O senador destacou vários pontos que ferem frontalmente os princípios democráticos, que devem prevalecer no Brasil, tais como o fato de o governo federal repassar para o governo cubano, e não para os próprios médicos, os salários dos trabalhadores. "Para se ter uma ideia, o Brasil paga R$ 10.400 por cada médico à ditadura cubana. Cuba repassa apenas R$ 3.120 para cada médico em serviço no Brasil. O Brasil já havia transferido para a Ilha, até agosto de 2014, um montante superior a 1,6 bilhão de reais, o que equivale a um terço do valor total investido pelo governo brasileir…

'Lula está com o pé na cadeia e Dilma perto do impeachment', diz jornalista

Imagem

Cássio Cunha Lima quer tornar crime violação de prerrogativas

Imagem
Brasília – O líder do PSDB no Senado Federal, Cássio Cunha Lima, apresentou, no dia 23 de março, o Projeto de Lei do Senado (PLS) que criminaliza a violação de prerrogativas de advogados. De acordo com o presidente nacional da OAB, o projeto tipifica penalmente as violações de prerrogativas.  “No Brasil não há a tipificação penal em relação da violação das prerrogativas, ou seja, alguém violar não tem consequência nenhuma. É necessário regulamentar, pois advogado valorizado é o cidadão respeitado”, ressaltou. O PLS nº 141/2015, que altera o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), já está na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania e aguarda sugestões de emendas. A proposta altera o Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O senador atendeu a solicitação do presidente da OAB Nacional feita, na última semana, sobre a possibilidade de se apresentar o projeto de lei a fim de regulamentar penalmente violação das prerrogativas dos advogados…

Reportagem da Revista IstoÉ revela que só a folha de pagamento dos 39 ministérios do governo federal consome R$ 214 bilhões

Imagem
 Revista IstoÉ revela que só a folha de pagamento dos 39 ministérios do governo federal consome R$ 214 bilhões - quase quatro vezes o ajuste fiscal que a presidente quer fazer às custas da sociedade.

Armando Monteiro no PDT

Imagem
Carlos Lupi, presidente nacional do PDT, não esconde de ninguém que está fechado o ingresso do ministro do Desenvolvimento, Armando Monteiro, na legenda se houver de fato a fusão do DEM ao PTB. Resultado desta fusão, o novo partido terá tintura de oposição e Armando não só apoia o governo Dilma como quer continuar ministro.

MARTA GUERRA DEVERÁ SER CANDIDATA A PREFEITA EM CARPINA

Imagem
A atual vice Prefeita de Carpina Marta Guerra (PMDB), deverá ser candidata a Prefeitura de Carpina em 2016. Marta afirmou em entrevista ao Voz da Mata Norte que é uma pré candidata natural já que atualmente é vice prefeita e já fez parte de outras gestões no âmbito municipal e estadual: “Eu como Vice Prefeita sou uma pré candidata natural e ainda mais sendo uma mulher com vasta experiência em administração pública municipal e estadual pois participei dos governos de Arraes, Carlos Wilson, Jarbas, Roberto Magalhães , Botafogo e sempre deixando uma marca de competência e seriedade com a coisa pública.” Disse.

Projeto acaba com fiança para acusado de corrupção.

Imagem

Governo Dilma !!!

Imagem
O aperto de cintos proposto pela presidente Dilma para tentar sanar as contas do governo, por enquanto, está atingindo exclusivamente o bolso e a vida do brasileiro. Ao mesmo tempo em que aumenta impostos, encarece o custo de vida da população, ameaça suspender a desoneração de empresas e retira dos trabalhadores direitos previdenciários e trabalhistas, o governo não faz o dever de casa que é cortar na própria carne.

Para manter 39 ministérios, o governo Dilma desembolsa por ano mais de R$ 400 bilhões e emprega 113 mil apadrinhados. Só os salários consomem R$ 214 bilhões - quase quatro vezes o ajuste fiscal que a presidente quer fazer às custas da sociedade. Levantamento da equipe de Orçamento do Democratas junto ao Siafi foi publicado em reportagem da revista Istoé. 

Fora Dilma !!!

Imagem
Pesquisa da CNT/MDA mostrou que 59,7% dos brasileiros são a favor de impeachment de Dilma. Para 68,9% deles, Dilma é culpada pelas irregularidades que ocorreram na Petrobras. Por muito menos, em 1999, os petistas entraram com pedido de impeachment contra o presidente FHC. Hoje quem discute a saída de Dilma, mesmo dentro da lei, é taxado de golpista pelo PT.

Mendonça Filho, líder do DEM, afirma que governo traiu aposentados ao excluí-los da MP do salário mínimo

Imagem
O líder do Democratas na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE), afirmou que o “governo traiu os aposentados e atropelou o Congresso Nacional”, ao editar uma medida provisória com regras para correção do salário mínimo, mas sem considerar o reajuste das aposentadorias. Estava na pauta da Câmara dos Deputados desta terça-feira a votação do destaque que estendia o reajuste dado ao salário mínimo às aposentadorias. A emenda que seria avaliada hoje corrigiria as aposentadorias pelo INPC – índice que mede a inflação – do ano anterior mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos atrás. “O ajuste fiscal do governo está sendo pago por pensionistas, aposentados e desempregados”, alertou. Para Mendonça Filho, o governo fugiu do debate sobre o reajuste do salário mínimo e das aposentadorias ao propor uma nova MP para tratar parcialmente do reajuste. O líder da oposição afirmou, ainda, que o Executivo desrespeitou a autonomia do Poder Legislativo, visto que a política do salário mín…

País assiste ao ‘desmoronamento de ícones’ de orgulho

Imagem
× Foto: Gerdan Wesley Brasília – “Como se não bastassem as dificuldades no orçamento das famílias, que decorrem da recessão econômica criada pelo próprio governo, nós estamos tendo algo igualmente grave na realidade brasileira, que é o desmoronar de verdadeiros ícones de orgulhos do nosso povo, como acontece com a Petrobras e os Correios”. Estas foram as palavras indignadas ditas pelo líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), nesta terça (24), na tribuna. Ao comentar os atos de corrupção na Petrobras, o tucano disse estar impressionado e surpreso com a falta de providências judiciais da estatal para reaver os recursos desviados tanto por diretores da empresa, que tomavam dinheiro ilegal, como também das diversas empresas que participaram desse esquema criminoso. “O presidente da Petrobras deve receber um salário, e o povo brasileiro talvez não saiba disso, de R$160 mil por mês. O diretor da Petrobras, fora bônus, recebe salários de R$100 mil por mês e …

PMDB

Imagem

O rombo de R$ 5,6 bi no fundo dos funcionários e pensionistas dos Correios

Imagem
O rombo de R$ 5,6 bi no fundo dos funcionários e pensionistas dos Correios, Postalis é mais um escândalo a ser investigado no governo do PT. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo revelou que funcionários dos Correios tentam evitar que os participantes do Postalis tenham uma redução de até 25,98% em seus contracheques a partir de abril de 2015 pelo período de 15 anos e meio para cobrir o rombo.

Difícil mesmo é explicar como os gestores do fundo, controlado pelo PT e PMDB, optam por fazer política com países vizinhos com credibilidade questionável, como é caso do governo da Venezuela, e com empresas "amigas" utilizando recursos dos trabalhadores. "Há um petrolão inteiro e talvez muito mais ainda não investigado no setor de fundos de pensão. Isso sem falar no BNDES", afirmou o líder do DEM, senador Ronaldo Caiado.

Também sob influência dos dois partidos políticos, o Funcef, dos empregados da Caixa Econômica Federal (CEF), e a Petros, da Petrobras, contabilizam preju…

Comissão da Reforma Política

Imagem
A Comissão da Reforma Política elaborou um documento explicando todos os pontos em debate dentro da reforma do sistema eleitoral. É um glossário com a definição, por exemplo, do que é o distritão, cláusula de barreira, fidelidade partidária, financiamento de campanhas, dentre outros. Uma oportunidade para entender melhor todos esses temas que estamos tratando na Comissão

Ronaldo Caiado

Imagem

Buscando a saída

Imagem
Carlos Brickmann A pesquisa da CNT-MDA mostra em números a queda do prestígio do Governo Federal (e lembremos:El Supremo da Confederação Nacional dos Transportes, Clésio Andrade, PMDB, é ligadíssimo ao PT, vice do governador petista de Minas, Fernando Pimentel). Dilma tem 10,8% de aprovação, 65% de rejeição - Collor, ao cair, tinha 68%. O desempenho pessoal de Dilma, que em setembro era positivo para 52,5%, caiu para 19% - contra 78% que o desaprovaram. 

Não são só as pesquisas. Dilma tem problemas com os aliados, incluindo o maior de todos, o PMDB; é contestada no seu PT. E ainda o tesoureiro do partido virou réu no processo do Petrolão. É difícil, mas se a campanha do PT recebeu dinheiro ilegal, Dilma pode perder o mandato sem impeachment. Qual a saída? 

Dilma acaba de recorrer à sua maior arma: Lula, o político de maior prestígio, popularidade e habilidade do PT, foi chamado a Brasília. Ao contrário de Dilma, Lula conversa com todos e procura atrai-los, sem agressões. Pode ser a grand…

Apoio ao NE: deputados mobilizam região

Imagem
Do Diario de Pernambuco Um movimento político formado por deputados estaduais pernambucanos iniciará, amanhã, um périplo pelo Nordeste para angariar apoio dos demais parlamentares da região no debate de soluções de convívio com a maior estiagem das últimas décadas. O grupo visitará as assembleias legislativas de cada estado, onde serão realizadas discussões sobre a seca e a crise hídrica.

Intitulado União pelo Nordeste, o movimento terá caráter suprapartidário e surgiu durante a audiência pública que debateu, no dia 16 de março, os efeitos da estiagem em Pernambuco. O grupo será liderado pelos deputados Miguel Coelho (PSB) e Rodrigo Novaes (PSD) e começará a agenda de visitas pela Assembleia Legislativa da Bahia. “A situação de nossa região é crítica e percebemos a necessidade de unir os parlamentares sem qualquer distinção partidária em torno de uma causa que é de todos os nordestinos”, explica Miguel. O movimento ainda buscará engajamento de outros atores. A mobilização envolverá parla…

PT assumirá o MEC e já indicou nomes à Dilma

Imagem
Por Leandro Mazzini, do Blog Coluna Esplanada A trapalhada verbal de Cid Gomes vai custar ao PROS o Ministério da Educação. O partido já foi avisado pelos ministros do Planalto de que o PT vai reassumir a pasta. Em reunião hoje, a direção do PT citou dois deputados para o MEC: o ex-reitor Newton Lima (SP) e o federal mais votado de Minas, Reginaldo Lopes. Lima foi reitor em São Carlos e presidente da Comissão de Educação na Câmara. Ligado ao governador Fernando Pimentel (MG), Lopes sempre focou sua atuação parlamentar no ensino, é estudioso da área, e notabilizou-se por entrega de ônibus escolares. Enquanto o PT e a presidente não se decidem, os holofotes também pairam sobre o ex-deputado e educador Gabriel Chalita. Ele esteve em Brasília na última quinta-feira, após a demissão de Cid Gomes, e intrigou até o PMDB. Não há confirmação de agenda com a presidente. Um congressista da base indicou o cenário para a presidente Dilma esboçado pela equipe palaciana: ela tem duas opções de refor…

Renan: palavra final sobre dívida é do Congresso

Imagem
Por Magno Martins às 15:00 O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sinalizou, hoje, que o Congresso vai derrubar um eventual veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto que dá um prazo de 30 dias para o governo regulamentar a lei que permite Estados e municípios renegociarem as suas dívidas com a União. Apreciado na terça-feira pela Câmara, o projeto está na pauta do Senado e deve ser aprovado ainda nesta quarta. "Se a presidente vetar, o Congresso recuperou o poder de dar a última palavra nas matérias legislativas. Portanto, a palavra final será do Congresso Nacional", afirmou. Apesar de a lei ter sido aprovada em novembro do ano passado, a equipe econômica está adiando a sua regulamentação para não prejudicar o ajuste fiscal em curso. Ontem, a própria Dilma afirmou que não havia condições de a União arcar com mais essa despesa. Questionado se havia uma crise na relação entre o PMDB e o governo, Renan desconversou. "Eu não vejo crise. O que está mais claro…

AGRADECEMOS AO POVO BRASILEIRO PELAS MANIFESTAÇÕES DE APOIO À POLÍCIA FEDERAL

Imagem
Vamos construir um Brasil melhor!!!!!
É hora de colocar a AUTONOMIA DA PF na Constituição Federal.
Apoie a PEC 412 - PEC da Autonomia da PF

Mais uma promessa do governo para o Fies não será cumprida, afirma Mendonça

Imagem
O líder Mendonça Filho (PE), do Democratas, aponta mais uma incoerência do governo da presidente Dilma Rousseff, desta vez na abrangência do Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). Em comissão geral na Câmara, o ministro interino da Educação, Luiz Cláudio Costa, declarou que 1,9 milhão de estudantes terão seus contratos com o programa renovados. O ministro informou ainda que o governo abriu mais 200 mil vagas para este ano, totalizando 2,1 milhões. No entanto, o orçamento votado pelo Congresso Nacional na última semana prevê dotação de R$ 12,5 bilhões para o FIES, montante suficiente para atendimento de apenas 1,459 milhão de estudantes. “O orçamento não permite este nível de contratação”, afirmou Mendonça Filho. Ele calcula que o cumprimento deste adicional demandaria R$ 5,5 bilhões. Para o deputado, a contradição dos números oficiais referentes aos FIES é mais uma prova de que o governo perdeu credibilidade. "Tudo o que o governo diz, descumpre. Todos os compromissos são des…

Fim de coligações em eleições proporcionais

Imagem
Da Folha de S.Paulo – Gabriela Guerreiro O Senado aprovou nesta terça (24), de forma definitiva, o fim das coligações partidárias nas eleições proporcionais. A PEC (proposta de emenda constitucional) proíbe os partidos políticos de formar coligações nas eleições para a Câmara dos Deputados, Assembleias e Câmaras de Vereadores. Ficam mantidas as coligações somente nas eleições majoritárias –presidente da República, governos estaduais, municipais e Senado. Os senadores tinham aprovado a PEC no começo de março em primeiro turnoe concluíram sua análise em segundo turno nesta terça. A proposta segue para votação na Câmara dos Deputados. No total, 62 senadores votaram a favor da PEC, 1 contra e 1 se absteve. O objetivo da PEC é acabar com as chamadas "legendas de aluguel", quando partidos se unem próximo às eleições apenas para ampliar o tempo no horário eleitoral de rádio e TV ou aumentar a visibilidade de siglas "nanicas". O tempo para o horário eleitoral soma o destinado …

Lula sobe o tom e cobra de Dilma mudanças no governo

Imagem
Dilma Rousseff e Lula: relação com o ex-presidente também passa por uma crise Beatriz Souza, de EXAME.com São Paulo - A relação entre Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff parece ter chegado ao seu pior momento. Em uma conversa na semana passada, o tom do ex-presidente e padrinho político da petista foi de broncas e cobranças.  Segundo a coluna de Raymundo Costa, do jornal Valor Econômico, enquanto estavam a sós, Lula teria elevado a voz para Dilma mais de uma vez - e as pessoas que aguardavam para a reunião que ocorreria logo em seguida teriam ouvido tudo. De acordo com o colunista, o ex-presidente teria deixado claro que não irá mais a Brasília conversar com Dilma se ela não fizer as mudanças necessárias no governo. Esta teria sido a primeira vez que Lula levantou a voz para Dilma. Lula teria falado também sobre a necessidade de mudanças na equipe política, incluindo substituir Aloizio Mercadante na Casa Civil por Jaques Wagner, atual ministro da Defesa. O ex-presidente também …

Fora a mentira

Imagem
"Quando o assunto é corrupção, Dilma aparece de mãos dadas com Lula, seu tutor. Entre os que têm acompanhado os desdobramentos das investigações de corrupção na Petrobras, 69% consideram que ela é culpada pela roubalheira já descoberta, quase o mesmo percentual (68%) dos que acham que Lula também tem responsabilidade no cartório."

Governo Dilma !!!

Imagem
O governo Dilma Rousseff é rejeitado por 64,8% dos brasileiros, e 78% reprovam o desempenho pessoal da petista à frente da Presidência. Além disso, 59,7% são favoráveis ao impeachment da presidente. As informações são de pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta segunda-feira (23).

Esse ano vamos levantar essa taça pela quarta vez!!!

Imagem

Cássio Cunha Lima

Imagem

Cid, candidato à Presidência em 2018

Imagem
Cid Gomes deve despontar como o mais novo candidato à Presidência em 2018. É o que aponta o colunista Ilimar Franco. Segundo ele, o ex-ministro da Educação quer ser o porta-voz do eleitor “contra tudo e contra todos”, por onde já passaram o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa e a presidenciável Marina Silva. Dirigentes políticos acreditam que, no atual cenário, com a criminalização de doações eleitorais, escândalos de corrupção e com a crise econômica, haveria espaço para a ‘antipolítica’. Cid deixou o governo em bate-boca no Congresso, após chamar deputados de “achacadores”. Ele fez críticas de "oportunismo" à base aliada e disse que preferia ser acusado de "mal-educado" a ser acusado de "achaque", apontando para o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Nesta quinta-feira, a Câmara ingressou com uma ação por danos morais contra ele e com uma representação contra ele na Procuradoria-Geral da República. A ação, ajuizada na Justiça …