terça-feira, 31 de janeiro de 2012

PM prende procuradora suspeita de fazer parte de fraude em precatórios

Folha de Pernambuco

 Uma procuradora da república e seu marido foram detidos, na manhã desta terça-feira (31), sob suspeita de envolvimento no esquema de fraude na divisão de precatórios do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Carla Ubarana de Araújo Leal e George Luís de Araújo Leal Costa estavam dentro de uma pousada no bairro de Casa Forte, no Recife.

A prisão aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça do Rio Grande do Norte. A Operação Judas, como ficou conhecida a ação, é encabeçada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte e a Polícia Civil do estado.

TRE mantém cassação de vereador de Alagoinha

ParlamentoPB

 O Tribunal Regional Eleitoral negou hoje à tarde a medida cautelar pedindo a suspensão da sentença que condenou o vereador Rafael Francisco da Silva, de Alagoinha, à perda de mandato por captação ilícita de sufrágio. A decisão de primeira instância cassou o mandato do vereador e ainda aplicou a ele uma multa de R$ 5 mil Ufirs.

Jarbas vai mediar as negociações entre PMDB, PPS e DEM para definição do candidato à sucessão de João da Costa

Inaldo Sampaio

 O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) será o “facilitador” das negociações para definição do candidato das oposições à prefeitura do Recife (exceto o PSDB).
A revelação foi feita nesta segunda-feira à Rádio CBN pelo ex-deputado Raul Jungmann, ele próprio um dos pré-candidatos pelo PPS.
Segundo Jungmann, dois candidatos deverão ser lançados pelos partidos de oposição. Um será Daniel Coelho (PSDB) e,  o outro, está entre ele próprio, Mendonça Filho (DEM) e Raul Henry (PMDB).

Mendonça Filho acusa PCR de fazer “propaganda enganosa”

Democratas

 Após a Prefeitura do Recife colocar no ar neste final de semana propaganda sobre o IPTU, o deputado federal e pré-candidato Mendonça Filho (DEM) classificou de “enganosa” a publicidade feta pela PCR à população. “O prefeito devia se apressar em explicar ao povo do Recife o aumento abusivo do IPTU, que atingiu milhares de recifenses com percentuais acima de 60%. Um verdadeiro tarifaço. Basta andar pela cidade para ver que o Recife está abandonado e que os recursos arrecadados com o IPTU não estão sendo bem aplicados”, afirmou o democrata.
Na semana passada, Mendonça Filho e a líder da oposição na Câmara, Priscila Krause (DEM), entraram com uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF nº 247) contra a Prefeitura do Recife, com pedido de liminar para suspender o aumento dado acima da inflação e colocaram o jurídico do Democratas à disposição dos contribuintes que tenham recebido o aumento acima da inflação. Além disso, os democratas também apresentaram à PCR requerimento administrativo pedindo explicações técnicas sobre o aumento abusivo do IPTU de alguns imóveis recifenses, que este ano chegou a 60% sobre o valor pago no ano passado. Foram elencadas 10 perguntas, entre elas qual a Lei, o Decreto ou a Instrução Normativa que ampara o reajuste acima da correção monetária legal e que critério a PCR adotou para determinar quais os imóveis que devem ou não ter o seu valor de IPTU reajustados acima do IPCA.
“Não adianta querer tapar o sol com a peneira. A gestão atual está descumprindo a Lei ao promover aumentos abusivos do IPTU e aplica mal o dinheiro arrecadado com o imposto”, criticou Mendonça que, juntamente com Priscila, vão pedir ao Ministério Público Estadual que acompanhe o caso do aumento abusivo do IPTU no Recife. Os democratas colocaram no ar o blog “naotarifacoipturecife.wordpress.com”.

Futuro coordenador da campanha à reeleição do prefeito João da Costa, o secretário municipal de Turismo, André Campos, aproveitou a Festa do Projeto 50 de Edgar Moury, sábado, para passar o recado: “João da Costa é candidato de todo jeito”. Repetiu para políticos de todas as cores. Já dizia o gestor: se alguém tem dúvida, “pode tirar o cavalinho da chuva”. Folha Política

Miriam Lacerda: rejeição ao prefeito é muito grande

Folha de Pernambuco

 Aparecendo empatada tecnicamente com o prefeito José Queiroz (PDT), de acordo com a pesquisa do Instituto Exatta, divulgada hoje pela Folha de Pernambuco, a ex-deputada e prefeiturável em Caruaru, Miriam Lacerda (DEM), comemorou a pontuação obtida na amostragem e destacou que os números são vantajosos para os postulantes da oposição. A democrata salientou que o gestor pedetista encontra-se desgastado administrativamente e não cumpriu boa parte das promessas de campanha. Miriam acrescentou ainda que cerca de 40 mil pessoas, que votaram em Queiroz em 2008, não votam no chefe do Executivo.
“Em Caruaru, as disputas sempre foram bem acirradas, polarizadas. Há uma rejeição muito grande ao prefeito. Vale salientar que o prefeito foi eleito por 64% dos votos, mas a pesquisa mostra tem 34% que não votariam nele. São quase 40 mil pessoas que votou no prefeito e não vota mais porque ele não cumpriu ou não está cumprindo com as promessas. Quem anda em Caruaru vai perceber o desgaste. A propaganda é muito grande, mas enganosa. Há uma maquiagem grande na cidade”, disparou Miriam Lacerda, ressaltando que apesar de estar liderando, entre os opositores, seu nome não foi definido. “Temos quatro partidos no grupo e conversaremos depois do Carnaval para definir o nome”, acrescentou.

O prefeito de Iguaracy, Albérico Rocha (PR), está de posse de um relatório oficial apontando que em 2011 não se registrou uma só morte de criança no município, o que se traduz em índice zero de mortalidade infantil. Graças aos investimentos na área social. Magno Martins

Retorno de Carlos Lupi ao comando do PDT é marcado por confusão

Pegou fogo a reunião do Diretório Nacional do PDT hoje, em Brasília, a primeira desde que o ex-ministro do Trabalho Carlos Lupi voltou ao comando da legenda após deixar o cargo no Ministério de Dilma sob suspeita de irregularidades. O encontro foi marcado por tumultos e vaias, liderados por integrantes do Movimento de Resistência Leonel Brizola e parlamentares do Rio, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Mato Grosso — eles contestaram duramente a volta de Lupi à presidência do PDT. Uns cobraram seu afastamento imediato, outros exigiram eleição direta com apenas uma reeleição para a direção. Com o controle absoluto do Diretório, Lupi se fez de surdo e foi apoiado por uma claque barulhenta que abafou os gritos dos contrários. Às cobranças por mudanças, a claque de Lupi respondeu com vaias.

Deputado do Paraná morre em acidente de carro

O deputado federal Moacir Micheletto (PMDB-PR) morreu ontem à tarde em um acidente de carro na estrada que liga Palotina a Assis Chateaubriand, no oeste do Paraná. O veículo dirigido pelo parlamentar, que trafegava na contramão, bateu de frente com uma caminhonete. O corpo do deputado ficou preso nas ferragens. Segundo a Polícia Militar Rodoviária, há suspeitas que ele tenha tido um mal súbito antes do acidente, pois não há marcas de frenagem na pista. Os ocupantes da caminhonete ficaram feridos. Pelo Twitter, o líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse que Micheletto “dirigia seu Corola e bateu de frente com Hillux”. “Noticia triste agora. A vida como ela é. Ou deixa de ser... Dep Moacir Micheleto, PR, grande amigo de todas as horas, faleceu”, disse Henrique Alves. Também pelo Twitter, o senador Roberto Requião (PMDB) lamentou a morte do colega de partido.

Marcelinho comandou o Sport dentro e fora de campo

Marcos Leandro

Apesar de não ter feito nenhum gol, Marcelinho Paraíba foi o maestro do Sport na vitória por 4x3 sobre o Náutico, no último domingo (29). O camisa 10 participou dos quatro tentos. Mas se engana quem pensa que Marcelinho chamou a responsabilidade apenas dentro de campo. No vestiário, ele mandou o recado antes da oração pré-jogo. “Não podemos mais perder ponto em casa. Vamos respeitar o adversário, mas estamos jogando na nossa casa. Eles vão jogar no nosso erro. Vamos ter tranquilidade e não tem outro resultado que nos interessa que não seja a vitória”.

Jael perto do Sport Recife

Do JC Online

A diretoria do Sport não confirma. Mas o atacante Jael, que está deixando o Flamengo, teria acertado a sua vinda para a Ilha do Retiro. Outro atacante na pauta é Henrique, do São Paulo. O presidente Gustavo Dubeux preferiu a cautela ao falar sobre o assunto. Mesmo assim, não descartou uma possível negociação para a vinda dos dois jogadores.
“Só adiantar que Jael é um jogador que interessa. Mas não fechamos nenhuma negociação. Henrique seria outra contratação. Conversei com a diretoria do São Paulo, mas não tem nada acertado”, adiantou o presidente, que sempre prefere confirmar as contratações quando os jogadores assinam contrato. O presidente também assegurou que o clube paulista não fez propostas pelo goleiro Saulo.
Como o Flamengo contratou Vágner Love, Jael ficaria sem espaço no time carioca e poderia vir para o Sport, que mostrou interesse pelo jogador desde o início deste mês. A vinda de Henrique, por seu lado, depende ainda da possibilidade de o São Paulo fechar uma negociação para o exterior, mas a janela de negociação internacional termina nesta terça-feira (31).

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

DEMOCRATAS faz reunião em São Paulo

O DEMOCRATAS fará em 6 de fevereiro um encontro dos seus candidatos a prefeito. Emagrecido pela diáspora que levou parte de seus quadros para o PSD, o partido quer mostrar que está vivo. O Encontro ocorrerá no hotel Renaissance, no bairro paulistano dos Jardins. A escolha de São Paulo não foi casual. Ali, o DEM é cortejado pelo PSDB de Geraldo Alckmin e pelo PMDB de Michel Temer.

Rivaldo Soares será avisado por membros da cúpula do PMDB que não será candidato a prefeito de Caruaru em hipótese nenhuma. O partido vai apoiar a candidatura da ex-deputada Mi­riam Lacerda (DEM) e se por acaso ele não concordar será decretada intervenção. Fogo Cruzado

Durante a festa do Projeto 50, liderado pelo ex-deputado Edgar Moury (PMDB), no sábado, na Arcádia Paço Alfândega, uma influente liderança petista soltou essa: “Não sei quem é mais antipático: Humberto Costa ou João da Costa!”. Seriam as duas opções do PT para 2012? Folha Política

Caruaru: Renovação do PMDB não foi por convenção

Folha de Pernambuco

 O imbróglio instalado no diretório do PMDB de Caruaru parece está longe de ser resolvido. Mesmo tendo o advogado do partido, Lêucio Lemos, não descartado a hipótese de intervenção da direção estadual na Executiva municipal, o secretário-geral peemedebista, Raul Henry, afirmou que a renovação do diretório municipal, hoje comandado por Reginaldo França – atualmente ligado ao prefeito José Queiroz (PDT) -, não foi feita através de convenção. Henry reforçou que o entendimento na legenda é de apoiar a candidatura da ex-deputada Miriam Lacerda (DEM), esposa do ex-prefeito da cidade, Tony Gel.
“Em Caruaru tem questão jurídica pendente. Temos a compreensão de que o diretório não fez a renovação através da convenção. Nomeamos a comissão provisória e a nossa posição política é de apoiar o DEM. Dentro desse contexto, há decisão do TRE, de que o antigo diretório continua valendo e que tem ligações com Queiroz. Caruaru não tem dois turnos”, destacou Raul Henry. À Folha, Lêucio Lemos foi categórico: “Se a comissão regional entender, ela pode recomendar qual será a decisão. Se não for cumprida a recomendação, a executiva estadual pode intervir no diretório municipal. Será respeitado o interesse do partido, não da direção que esteja lá”, cravou o jurista.
O presidente estadual do partido, Dorany Sampaio, foi procurado pelo Blog da Folha, mas as chamadas caem na caixa postal. O PMDB de Caruaru está dividido em três setores. Uma ala, capitaneada por Reginaldo França, tem interesse em apoiar a reeleição do prefeito José Queiroz. Outro grupo, liderado pelo ex-presidente da comissão provisória, Adjar Soares, marchar na diretriz do partido, que é de estar no palanque do DEM em outubro. Já outra parte, minoritária e sob a liderança de Rivaldo Soares, defende a postulação da legenda.
Na última quarta-feira (25), o juiz Dorgival Soares de Souza, da 11ª Vara Cívil
da Capital, concedeu mandato de segurança em favor do grupo liderado pelo ex-secretário de Governo de Caruaru (2001-2008), Reginaldo França, assegurando a ele a direção da Executiva municipal, antes presidente, provisoriamente, por Adjar Soares.

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann (PT-PR), confidenciou a um político próximo que sua relação com a presidente Dilma não anda lá das melhores. Na conversa, que aconteceu no auge das denúncias contra o ministro Fernando Bezerra Coelho (Integração), Gleisi contou que estava sob forte estresse no Planalto. E que, embora cumpra todas as determinações da presidente, nem sempre concorda com elas. Claudio Humberto

Postura de Henrique Alves, Lider do PMDB

Claudio Humberto

 A demissão do diretor-geral do Dnocs foi vista pelos aliados de Henrique Alves (RN), líder do PMDB, como fogo amigo do PT para queimá-lo na disputa pela presidência da Câmara. Pode ser. Mas é a presidente Dilma quem parece estar com pé-atrás nessa pretensão. Ela contou a um senador por que teme Alves presidindo a Câmara: “Com o PMDB e a pauta de votações na mão dele, o governo está morto...” Dilma achou “desequilibrada” a atitude de Henrique Alves em defesa do aliado, desafiando-a e cobrando a demissão de ministros do PT e PSB. Deixou os meios políticos estupefatos a defesa radical, por Henrique Alves, de alguém acusado de desvios de R$ 192 milhões no Dnocs. Dentro do próprio PMDB, Alves é alvo de críticas por não ter poupado nem o vice-presidente Michel Temer da confusão em que se meteu. Em conversa recente, Dilma lembrou ao PMDB que o compromisso de eleger Henrique Alves presidente da Câmara não é dela, mas do PT.

O deputado estadual Waldemar Borges (PSB) participou no fim de semana, em Afogados da Ingazeira, do lançamento da pré-candidatura a prefeito de José Patriota (PSB).

Traição já norteou o debate interno no PT

Gilvan Oliveira
De onde partiu a traição, no episódio envolvendo o rompimento entre o prefeito João da Costa (PT) e o antecessor, João Paulo (PT), é um assunto que movimenta a pauta dos debates internos entre os militantes do PT. A informação é do presidente do diretório do partido no Recife, Oscar Barreto. E por essa razão, justificou ele, é que João da Costa tocou no tema durante plenária com militantes petistas no último sábado, no Ibura. “Internamente, esse tema é recorrente e hoje está claro na militância o que houve entre os dois: uma disputa pelo poder na prefeitura”, disse.
Oscar, porém, não quis entrar no mérito da questão, apesar de ele já ter declarado à imprensa que o ex-prefeito e atual deputado federal queria “continuar mandando” na prefeitura após a eleição de João da Costa.
“Como é um tema que fica para dentro (do partido), vocês (imprensa) talvez tenham ficado surpresos. Esse tema, inclusive, já está superado internamente: todos já sabem o que houve e quem tem razão”, assegurou.
O tema traição não constam nas declarações do prefeito e do antecessor. Mas durante uma plenária petista no Ibura, após elencar várias realizações da sua gestão, João da Costa procurou afastar de si a pecha de traidor, se declarando comprometido com os princípios do PT e com a frente partidária que o elegeu em 2008.
“Fui escolhido pelo meu partido e apoiado por outros 16 para dar continuidade a esse projeto. Vamos olhar para os últimos três anos para ver se continuei os projetos políticos. Então eu, por acaso, estou traindo alguma bandeira do PT, estou traindo a cidade?” questionou o prefeito, sem citar nomes, no que foi aplaudido pelos participantes do ato.
No evento, várias lideranças petistas enalteceram o engajamento do prefeito com “as bandeiras do PT”, mas não tocaram no tema traição. “Não conheço prefeito mais comprometido com os projetos do PT que João da Costa”, afirmou, na ocasião, o ex-presidente do PT Jorge Perez. O deputado federal João Paulo não foi localizado para comentar as declarações do prefeito.

domingo, 29 de janeiro de 2012

VOLTANDO À MINHA TERRA - Canção de Severino Nunes Feitosa


Peço a Deus todo momento
Pra um dia me levar
Onde foi meu nascimento

Refrão
O que não posso tirar
Nunca da minha lembrança
é o pedaço de terra
que vivi quando criança

Eu fui um pássaro que viveu feliz
Cantando livre nesses matagais
Bebendo água nas cacimbas claras
Depois voando para os mangueiras
Eu fui menino que andou descalço
Pulando corda e jogando pião
Cortando lenha pra fazer o fogo
Batendo enxada pra cavar o chão

Refrão

Fui tangerino das estradas longas
Do vale verde que me viu andar
Depois tornei-me num cigano errante
Que deixa a tropa pra poder voltar
Na grande ânsia de ver a beleza
Da minha terra meu rancho e meus pais
Tive alegria e tive tristeza
Como era antes ninguém era mais

Refrão

A casa antiga onde me criei
Não tem as mesmas portas e janelas
Até as moças com quem namorei
Estão casadas não são mais aquelas
Os meus amigos e os meus parentes
Que cultivaram essa terra outrora
Os que ficaram estão diferentes
Uns já morreram e outros foram embora

Refrão

Deus me conceda que eu volte um dia
à terra amada do meu nascimento
onde eu juntei dor e alegria
misturei tudo no meu pensamento
fui obrigado pelo meu destino
tentar um meio de sobreviver
mas nessa terra onde eu fui menino
queria ainda morar e viver. 


Por Valmir Andrade

sábado, 28 de janeiro de 2012

Mendonça Filho tem disposição para concorrer, este ano, independente de como o tucanato e o PPS lhe definam.

Folha Política

 Uma das pontes, hoje, entre o PMDB de Jarbas Vasconcelos e o PSDB, de Sérgio Guerra, o prefeiturável Daniel Coelho (PSDB) julga que “nada está descartado no cenário da oposição hoje”. Tem essa opinião apesar de o ex-governador já ter tirado o tucanato das projeções do campo no qual contabiliza as seguintes candidaturas como alternativas: Raul Henry (PMDB), Raul Jungmann (PPS) e Mendonça Filho (DEM). Na leitura de Daniel, haverá dois candidatos oposicionistas: “um com perfil mais à esquerda e outro mais à direita”. Ao colocar tal referencial, embora não cite o nome, refere-se a Mendoncinha como opção mais conservadora que faria o ponto de equilíbrio a sua condição mais progressista. Disseminado tal raciocínio, Mendoncinha já partiria citado pelos aliados como “escada” para conduzir o pleito ao segundo turno. Há de se considerar que, em 2008, houve uma espécie de “veto” do PPS ao DEM. Na época, o presidente nacional da sigla, Roberto Freire, achou inadequada uma aliança com o Democratas. O PPS, então, acabou apoiando Cadoca e “arrastou” o PV junto. Mendoncinha tem disposição para concorrer, este ano, independente de como o tucanato e o PPS lhe definam.

A ex-deputada Miriam Lacerda (DEM) vai contratar uma pesquisa eleitoral sobre a intenção de voto dos caruaruenses para as eleições municipais. Ela vai disputar a prefeitura por uma frente de oposição (PSDB-PMDB-PPS) contra o prefeito José Queiroz (PDT) Fogo Cruzado

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Numa roda de viola, em São José do Egito, a capital do repente, um mote causou sensação, provocou os políticos e fez o público ir ao delírio: “Comparado aos ladrões de hoje em dia, Lampião foi honesto até demais”. Nunca se viu, na realidade, nada mais atual em se tratando da podridão entre os corredores do Congresso e o Planalto. Magno Martins


EM SÃO JOSE DO EGITO CADA SECRETÁRIO TEM UM SLOGAM DIFERENTE DO GOVERNO MUNICIPAL

Anchieta Santos
Quando a gente pensa que já viu tudo na política sempre aparece algo para nos surpreender.Enquanto a administração municipal de São José do Egito tem “Evolução de Verdade”, como slogam, fazendo alusão ao nome do Prefeito Evandro Valadares, a Secretaria municipal de saúde adotou em sua mídia o slogam “avançando por você”, com o objetivo de alavancar a candidatura do secretário Augusto Valadares a prefeito do município. Além da mídia escancarada à propaganda da saúde ainda personaliza citando o nome do secretário.
O Secretário de Cultura Rogaciano Jorge que é pré-candidato a vereador adotou o slogam “Renovando junto”. Até o ex-secretário de cultura Nenem Patriota, usava “Navegar é preciso” como slogam. A pratica não é conhecida em nenhum governo do mundo. Também fica a impressão de que oposição e justiça eleitoral nem ouvem e nem enxergam em São Jose do Egito.

Pré-candidato Mendonça Filho vai à PCR

Bruna Serra

Um dia depois de acionar o Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a concessão de liminar para suspensão imediata do aumento do IPTU no Recife, o DEM estadual protocolou nesta quinta (26), no Centro de Atendimento ao Contribuinte da Prefeitura, um requerimento administrativo solicitando “informações técnicas e jurídicas” que embasaram o aumento do tributo.
No documento, o deputado federal e pré-candidato a prefeito Mendonça Filho (DEM) e a vereadora Priscilla Krause (DEM) – um dos principais nome das oposições na Câmara Municipal – levantam diversos questionamentos sobre a licitude do reajuste, que chegou a 60% em alguns imóveis. Os dois estiveram na sede da prefeitura pela manhã, sem comunicar a imprensa da movimentação.
 Já de olho na eleição, Mendonça intensificou suas ações depois que a pesquisa JC/IPMN – divulgada no último domingo (22) – apontou ele com 20% das intenções de voto, em um dos cenários pesquisados, em empate técnico com o prefeito João da Costa (PT).
Entre os mais de dez questionamentos anexados ao requerimento, os opositores querem saber que lei, decreto ou instrução normativa ampara o reajuste repassado à população. “Essa história desse aumento está nebulosa. Temos seis mil pessoas, cidadãos que estão com um aumento absurdo, alguns chegam a 60%. O secretário de Finanças (Petrônio Magalhães) confessou que também em 2010 foi adotado um reajuste acima da inflação”, cobrou Mendonça Filho.
O deputado federal afirma que o seuj partido continuará a pressionar o executivo municipal para que as devidas explicações sejam repassadas. Ontem, ele e a vereadora Priscilla Krause foram recebidos pelo coordenador do centro de Atendimento da PCR, no edifício-sede da prefeitura.

Desabafo!!!

 
Por Fernando Marques

 Quero deixar uma coisa bem clara aos amigos da minha querida Tuparetama,Aos que andaram dizendo que faço pela cultura de nossa cidade e região é para promoção própria(Política) Eu não sou filiado a nenhum partido político,portanto tirem o cavalo da chuva que não sou candidato a nada VIU!!!!! Aliás quem menos faz pela cultura são os políticos!!! Continuarei realizando esse trabalho de produtor cultural e artista popular e cursando minha faculdade de ciências agrarias ,Pois acredito que a cultura e a educação é a grande válvula de escape para formação do cidadão. Xêro no coração!!

A saída do diretor do Dnocs aumentou a tensão entre o governo Dilma e o PMDB. Mas isso é só um aperitivo. Quando o Congresso reabrir as portas é que a presidente vai sentir os efeitos severos de ter enfrentado o PMDB. Pinga Fogo

A aliança PT-PMDB que elegeu Dilma presidente sempre foi cercada de conflitos. O PMDB só fica “pianinho” diante da falta de alternativas de poder. E por ora, está refém dessa aliança e da alta popularidade de Dilma. Pinga Fogo

Setores do PMDB depositaram na conta do PSB de Eduardo Campos o estouro de denúncias contra o Dnocs. Os pernambucanos garantem que não têm nada a ver. Claudio Humberto

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (foto), tem conversado com o presidenciável José Serra e reafirmado que se o tucano imaginar uma alternativa ao PSDB “ele sabe que tem uma, o PPS”. Para Freire, o PSDB não tem tido o menor constrangimento de isolar totalmente o ex-governador sob o risco de provocar sua saída do partido. Pinga Fogo

Pergunta que não quer calar

 Roberto Jefferson

 O jornal O Globo mantém aceso o fogo contra o diretor-geral do Dnocs, Elias Fernandes Neto, expondo novas denúncias saídas do forno da CGU. E a temperatura do caso se eleva ainda mais com ameaças de retaliação do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves, que promete até mesmo convocar o ministro Fernando Pimentel a dar explicações na Câmara sobre consultorias milionárias. As denúncias são realmente graves, mas o leitor já reparou que a CGU não investe contra nenhum petista? Será que só a base aliada comete delitos no governo? Com certeza, não.

A segunda vitória do Sport e o G-4

Elias Roma Neto


BELO JARDIM – O Sport se impôs dentro de campo e não deu sopa para zebras no Estádio Mendonção. Atuando de forma tranquila, o Leão saiu vitorioso ante o lanterna Belo Jardim, por 3x0, conquistando a segunda vitória consecutiva no Campeonato Pernambucano Coca-Cola. Agora, a equipe rubro-negra subiu para a 4ª colocação, com 8 pontos, e se prepara para o Clássico dos Clássicos contra o Náutico, domingo, na Ilha do Retiro. Já o Calango segue sem pontuar, em último, e visitará o América, no Ademir Cunha.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

O filho do senador Jarbas Vasconcelos, Jarbinhas, teve conversas, ontem, com duas lideranças da oposição: Raul Henry (PMDB) e Daniel Coelho (PSDB). Foi ao escritório do peemedebista e almoçou com o tucano. Há rumores de que estuda lançar-se mesmo candidato a vereador do Recife.

Jarbinhas despista: “Depois do carnaval, antes de março, a gente vai definir isso aí”. E Jarbas já deu o “ok”? “Não conversei com ele sobre isso ainda”, devolve o quase futuro pré-candidato. Indagado se tem disposição: “Estou disposto, mas também sou novo, posso esperar”. Folha Política

DEMOCRATAS vai à Justiça contra IPTU

No JC


Com as oposições ao prefeito da Frente Popular do Recife, João da Costa (PT), dispostas a expor a administração petista da cidade e levar as críticas às ruas, o Democratas (DEM) assumiu, ontem, a defesa de parcela dos recifenses que acaba de sofrer um aumento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2012 acima da correção da inflação, apontando inconstitucionalidade na medida.
Assinada pelo vice-presidente nacional da legenda, deputado federal e pré-candidato a prefeito Mendonça Filho, o DEM deu entrada, no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, a uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF nº 247) contra a Prefeitura do Recife (PCR), com pedido de liminar para suspender a elevação.
A ação judicial denuncia a PCR de reajustar o valor do metro quadrado de parte dos imóveis da cidade em percentuais muito além da inflação, majorando a base de cálculo do IPTU por meio da Instrução Normativa 001/2011 da Secretaria de Finanças. Alguns imóveis, segundo o DEM, tiveram aumento de até 60% no IPTU, quando o IPCA/2011 foi de 6,9%.
A ação argui que a criação de imposto e a majoração da base de cálculo só podem ocorrer por lei específica. O partido colocou, também, seu setor jurídico à disposição para ações individuais de quem se sinta prejudicado. “É um tarifaço. É um abuso. Não se pode reajustar base de cálculo sem lei que autorize”, acusou Mendonça Filho.

Já foram melhores as relações do ex-prefeito do Rio Cesar Maia (DEM – foto) com o ex-governador Garotinho (PR), que prefere a filha Clarissa ao deputado Rodrigo Maia concorrendo à prefeitura da cidade. Claudio Humberto

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Para ACM Neto, incompetência motivou queda de Sérgio Gabrielli

O líder do Democratas na Câmara Federal, deputado ACM Neto, disse hoje que o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, será demitido pela presidente Dilma Rousseff  “por incompetência”. Ele lamentou que o governador Jaques Wagner (PT) tenha decidido dar como “prêmio de consolação” a Gabrielli uma secretaria de estado. “O que não serve para a presidente Dilma Rousseff serve para o governador Jaques Wagner. Isso é lastimável”, disse ACM Neto.

O ex-presidente Lula desceu ontem a rampa do Palácio do Planalto (foto) para cumprir o primeiro ato da operação “Haddad prefeito de São Paulo”. Não deu uma palavra durante todo o evento de despedida do ex-ministro. Nem precisava. Sua presença deu o tom político-eleitoral do grito de largada ao projeto nacional de derrotar o PSDB em seu principal reduto. Pinga Fogo

Oposições entre aguardar ou não o rumo do PT

Ayrton Maciel

Com janeiro terminando, Carnaval chegando, março beirando à porta, o PT em ebulição e a Frente Popular dispersa, as oposições resolveram intensificar as conversas sobre o melhor caminho - estratégico e tático - para derrotar o candidato ou os candidatos da aliança governista no Recife, nas eleições de outubro.
O bloco de oposições formado pelo PMDB, DEM, PPS e PMN (o PSDB está excluído por já ter apresentado o deputado estadual Daniel Coelho como seu candidato), vai multiplicar as negociações para tentar superar diferenças e consolidar uma posição, que pode ser a candidatura única ou dois candidatos. Para aparar as diferenças, o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) vai entrar como moderador das negociações, após o Carnaval.
 Com três pré-candidatos colocados há algum tempo - os deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Raul Henry (PMDB) e o ex-deputado Raul Jungmann (PPS) -, o primeiro passo da nova fase será conseguir conciliar o time das oposições que definirá se vão atacar em bloco ou por um único front. Henry e Jungmann defenderam nesta terça (24) que o bloco busque a construção de uma unidade de ação, mas deixe a definição sobre um ou dois candidatos - mais o do PSDB - para depois que o PT e a Frente Popular decidirem se sairão com uma ou múltiplas candidaturas.
 Mendonça Filho concorda em esperar, mas não em atrelar o tempo das oposições ao tempo dos governistas.
“Queremos construir um caminho conjunto. A oposição e o governo podem ter um ritmo de decisão semelhante, porém, a oposição não pode ficar a reboque de João da Costa (prefeito, PT) e seus aliados. O saco de gatos é grande por lá. Quando será o desfecho? Pode-se aguardar, mas não condicionar nossa posição a isso”, pregou o democrata.

EVANDRO VALADARES REAFIRMA QUE CHAPA MAJORITÁRIA DE SÃO JOSÉ SAIRÁ DE UMA PESQUISA

Flávio Marques

 O prefeito do município de São José do Egito, Evandro Valadares (PSB), reafirmou, durante entrevista na Rádio Comunitária Liberdade FM, que a chapa majoritária do Partido Socialista Brasileiro (PSB) egipciense só será conhecida após a realização de uma pesquisa popular em fevereiro.
Ele disse alguns pré-candidatos querem que sejam feitas pesquisas distintas para a escolha do prefeito e do vice. Ainda, segundo o prefeito, será realizada uma assembleia para a escolha do critério a ser utilizado na pesquisa.
Sobre o nome do geólogo Gilberto Rodrigues, que deixou a equipe do Governo de Eduardo Campos para concorrer à prefeitura do Berço Imortal da Poesia, Evandro destacou algumas qualidades do ex-secretário. “Honesto e sempre foi atencioso comigo no Palácio. Sempre voltado para trazer São José do Egito o desenvolvimento”, frisou Evandro.
Quanto a pesquisa, ele foi taxativo. “O que estiver melhor cotado será o candidato. Já o vice, sairá da pesquisa de vice. Quem quiser ser prefeito vai para pesquisa, do mesmo jeito quem quiser ser vice. Não será o 1º e o 2º colocado não. Serão pesquisas distintas”, afirmou. Acrescentando que o escolhido terá seu apoio. “Quem for o escolhido vamos trabalhar muito”.

Sport acerta com Marquinhos Paraná

No JC

 A diretoria do Sport só espera a assinatura do contrato para anunciar oficialmente a contratação do volante Marquinhos Paraná, que também atua como meia e lateral-direito. O jogador fez exames médicos, ontem pela manhã, e deve ser confirmado hoje à tarde, na Ilha do Retiro.
O diretor de futebol Guilherme Beltrão preferiu a cautela ao falar sobre a contratação de Marquinhos Paraná, que nasceu em Pernambuco, apesar do apelido que ganhou quando defendia o Paraná Clube. O jogador estava vinculado ao Cruzeiro, mas não renovou com o clube mineiro.
“Tudo está bem encaminhado. Não podemos anunciar a contratação do atleta porque ainda falta a assinatura do contrato”, explicou o dirigente.

Por mais uma vitória no Arruda

No JC

 Em busca da segunda vitória consecutiva no Campeonato Pernambucano. É assim que o Santa Cruz entra em campo hoje, às 19h30, contra o Ypiranga, no Arruda, pela quarta rodada do Estadual. O duelo também pode servir para desempatar as equipes na tabela de classificação – ambos tem 6 pontos, mas o tricolor é o 4º, com 1 gol de saldo, e a Máquina de Costura está em 5º, com -1.
O treinador Zé Teodoro não confirmou a equipe titular, mas deverá manter a base que venceu o Serra Talhada por 4x2, no Sertão, com a possibilidade de apenas duas mudanças. Estão cotados para entrar no time o meia Luciano Henrique e o volante Leo.

No Nautico é para manter liderança

Laura Cortizo
Na noite de hoje, quem for aos Aflitos vai poder conferir o confronto entre a melhor defesa e o pior ataque do Campeonato Pernambucano Coca-Cola 2012 até agora. Com seu trabalho de marcação, o líder Náutico não levou um gol sequer nas três partidas disputadas. Já o América, 11º colocado, ainda não balançou as redes dos seus adversários. O confronto está marcado para as 21h10, nos Aflitos.
Pode parecer um desafio fácil para os alvirrubros, mas, nos Aflitos, não há ninguém tranquilo. Mesmo em semana de Clássico dos Clássicos – Sport e Náutico se enfrentam no domingo –, o discurso de jogadores e comissão técnica é com foco total no jogo contra o alviverde. “Pensamos no adversário mais próximo e que ele merece todo respeito”, disse o técnico Waldemar Lemos.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Se Raul Henry não sair candidato a prefeito do Recife pelo PMDB, o senador Jarbas Vasconcelos, principal liderança do partido no Estado, tende apoiar Raul Jungmann (PPS) ou Mendonça Filho (DEM). Rompido com Sérgio Guerra, Jarbas teria dificuldades em se compor com Daniel Coelho. Magno Martins

Raul Jungmann defende duas candidaturas de Oposição à prefeitura do Recife

Inaldo Sampaio

 O ex-deputado Raul Jungmann defendeu nesta terá-feira o lançamento de dois candidatos da oposição à prefeitura do Recife.
Ele admite que, hoje, o deputado João Paulo (PT) é favorito, mas que esse favoritismo desapareceria quando as oposições, no guia eleitoral, o responsabilizarem por ter escolhido João da Costa para ser o prefeito da capital.
Se a tese de Jungmann prosperar (duas candidaturas), os palanques seriam PSDB (Daniel Coelho) de um lado e, do outro, PMDB-PPS-PMN e DEM (Raul Henry, o próprio Jungmann, Sílvio Barbosa e Mendonça Filho).
Jungmann, que já está em plena campanha, viaja amanhã a Curitiba para conhecer o sistema de transporte coletivo implantado pelo ex-prefeito Jaime Lerner.

A Briga entre os dois Joões

No JC

 Que oposição, que nada. O maior opositor ao prefeito João da Costa (PT), hoje, está no PT e tem nome e sobrenome: o ex-prefeito João Paulo Lima e Silva. O dado está na pesquisa JC/IPMN publicada domingo passado. A pesquisa confirma a tese do senador Humberto Costa (PT) de que, com João Paulo, o PT correria menos risco numa disputa eleitoral e revela que o povo conhece, sim, a briga entre os dois Joões, o que desmonta o que petistas dizem por aí que o rompimento político não teria sido captado pelos eleitores mais pobres do Recife. A pesquisa, porém, não entra na polêmica para saber quem representaria, hoje, a vítima e o traidor nessa história de amizade interrompida entre ex-prefeito e prefeito. Os dados mostram, no entanto, que o eleitor, apesar da acirrada briga interna no PT, ainda aposta em um projeto de poder do PT para continuar à frente da PCR por 20 anos.

Embalado nas boas intenções de voto da pesquisa JC/IPMN, o prefeiturável de oposição, Mendonça Filho, reforça seu desejo de disputar a PCR e avisa: “Disposição para a luta não me falta”. Pinga Fogo

Com disposição para disputar a PCR, Mendonça Filho (DEM) define como “conto do vigário” a tese de que teria um “teto” pelo seu histórico em eleições passadas. “Minha posição é de baixa rejeição e apareço como ponto de partida na oposição”. Suas performances “tem a ver com o momento político”. “Em 2006, tinha Lula. Em 2008, havia o desejo de continuidade. Tenho quatro minutos de TV e meu partido teve, em 2008, sozinho, 25% dos votos”.