quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Presidenciáveis em último duelo na TV na noite desta quinta-feira

Do G1
Os candidatos à Presidência da República Dilma Rousseff (PT), José Serra (PSDB), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) participam de debate na TV Globo nesta quinta-feira (30). O evento será no Rio de Janeiro e foram convidados os candidatos de partidos com representação na Câmara dos Deputados.A transmissão do debate começa às 22h30, após a novela Passione. Mediado pelo jornalista William Bonner, o debate da TV Globo será o último antes da votação que será realizada no próximo domingo (3). O debate terá cinco blocos. O primeiro e o terceiro blocos serão com temas determinados. O segundo e o quarto, com temas livres. O último bloco contará com as considerações finais.
O posicionamento dos candidatos no estúdio foi definido por sorteio. Da esquerda para a direita, estarão: José Serra, Marina Silva, Dilma Rousseff e Plínio de Arruda Sampaio.Cada candidato terá 30 segundos para perguntas, dois minutos para respostas, um minuto para réplica e um minuto para tréplica. Eventuais pedidos de direito de resposta serão analisados por William Bonner com auxílio da equipe de produção. Se concedido, o tempo será de um minuto.
As perguntas serão feitas sempre de candidato para candidato. Para que todos os candidatos perguntem e respondam ao menos uma vez, a cada bloco o mediador sorteará o candidato que faz a primeira pergunta a outro candidato de livre escolha. Quem respondeu faz a próxima pergunta a outro candidato que ainda não perguntou e nem respondeu. O último fará, necessariamente, pergunta a quem iniciou o bloco.
Pelas regras definidas com as coordenações das campanhas, se algum candidato faltar, em cada bloco, um dos candidatos presentes poderá relatar ao público a pergunta que faria ao ausente. O tempo para isso será de 40 segundos. Após falar, deve escolher outro candidato para fazer outra pergunta e continuar a ordem. O lugar do faltante ficará vazio com uma placa com o nome. Cada participante pode ser acompanhado por até 10 assessores, sendo que apenas dois terão acesso ao candidato no estúdio. Na plateia, cada candidato pode ter 25 convidados.
Ao final do debate, os quatro participantes darão entrevista coletiva de cinco minutos na sala da imprensa. Pelo sorteio realizado, Dilma será a primeira a falar com jornalistas. Em seguida, será Plínio. Depois, será a vez de José Serra. A última será Marina Silva.

E lá vai Maciel atrás de votos no Coque



Jarbas mantém esforço nas ruas

Até a véspera da eleição, o senador e candidato ao Governo do Estado, Jarbas Vasconcelos (PMDB), estará nas ruas realizando caminhadas. Só hoje, serão cinco, como aconteceu ontem. Amanhã, mais duas e, no sábado, e último dia da campanha, visitará a Mangueira pela manhã. Com o roteiro, segue o lema já antecipado por ele de “lutar até a abertura das urnas”. A maratona, hoje, começa, às 10h, na Ilha do Joaneiro. Uma hora depois, no Coque. À tarde, a agenda recomeça, às 16h, no Alto Antônio Félix, às 17h, no Córrego do Imbaúba e, às 19h, encerra no Alto de Santa Terezinha/Bomba do Hemetério.


Amanhã, o senador, que tem apreço por mercados públicos, começa visitando o de Afogados, às 10h. À tarde, segue para o Centro, na Praça do Diário. No sábado, põe o ponto final na rotina de campanha com na Mangueira por ser representativo reduto eleitoral seu, por onde já passou nas últimas semanas.


Ontem, após uma das cinco caminhadas realizadas, no Córrego Jardim Primavera, o senador avaliou como “positiva” sua performance no último debate televisivo, deste primeiro turno, promovido pela Rede Globo anteontem. “Me saí bem em todos os blocos. Foi bom, gostei”, comemorou, garantindo que seu desabafo no final, em tom de despedida, reafirmando que a atual disputa foi “a mais dura que enfrentou” foi de improviso. “Não foi programado”, ratificou.

“O PSDB não honrou seus compromissos”


DÉBORA DUQUE   


Faltando apenas quatro dias para o término do que o próprio senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) chegou a classificar como a campanha “mais difícil” de sua vida, um dos membros da coordenação do programa de governo da coligação Pernambuco Pode Mais, José Arlindo Soares, fez um balanço dos obstáculos enfrentados por seu candidato a governador. Em tom de desabafo, citou como principal dificuldade da campanha jarbista a migração de lideranças do próprio PMDB, do DEM, mas, principalmente, do PSDB para o lado governista. “O PSDB não honrou seus compromissos”, criticou o ex-secretário de Planejamento, durante entrevista à Rádio Folha FM 96,7.

Para ele, o adesismo dos antigos aliados dificultou a penetração da campanha no interior do Estado, fato agravado ainda pelos problemas financeiros. Com as pesquisas indicando uma diferença na faixa dos 50 pontos percentuais entre Jarbas e o governador Eduardo Campos (PSB), José Arlindo acredita que o senador não deveria ter saído como candidato. “Jarbas estava num patamar nacional, ampliou seu papel de combate aos desvios éticos do Governo Lula, e simplesmente voltou para o plano estaudal”, comentou, acrescentando que não houve uma preparação prévia para o lançamento da candidatura. Contudo, ressaltou a “firmeza, lealdade e “determinação” do ex-governador ao aceitar o desafio. “Ele teve senso de responsabilidade, de que era preciso uma opção competitiva que desse unidade à campanha”, assinalou Arlindo.


Em sua análise, o peemedebista poderia estar contribuindo ainda mais com a campanha do presidenciável José Serra (PSDB), se estivesse fora da disputa pelo Governo. “Ele cumpriu com o sacrifício não só pessoal, mas também nacional, porque a candidatura de Serra precisava dele”, avaliou. Sem citar nominalmente o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra, José Arlindo apontou ainda falhas na coordenação nacional da campanha do presidenciável tucano, que está sob a responsabilidade do senador. “É a chamada micro-política. Estão fazendo acomodações locais de acordo com o que a maré indica localmente, mas falta uma estratégia a nivel nacional”, alfinetou.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Eles são farinha do mesmo saco, bebem água no mesmo cocho, comem a mesma lavagem do governo, são do mesmo lado e bajulam o mesmo Governador !!!

Em sua passagem por Afogados da Ingazeira, neste final de semana, o governador Eduardo Campos chamou para uma conversa o deputado Ângelo Ferreira (PSB) e o ex-deputado José Marcos de Lima (PR) e disse aos dois que já é chegada a hora de “acabar com a briga” em São José do Egito. 
Fogo Cruzado

Em nova pesquisa, Dilma fica pela primeira vez abaixo dos 50%

Do Ig

Pela primeira vez, desde o início da pesquisa Tracking Vox Populi/Band/iG no começo do mês, a candidata do PT, Dilma Rousseff, ficou abaixo da casa dos 50% nas intenções de voto. A presidenciável petista recuou de 50% para 49%, enquanto o candidato tucano, José Serra, subiu de 23% para 24% e a presidenciável do PV, Marina Silva, passou de 11% para 12%, chegando a essa pontuação pela primeira vez.

Com isso, a diferença entre os votos em Dilma e a soma dos demais candidatos (contando com 1% atribuído a “outros”) caiu de 15 para 12 pontos percentuais, reduzindo a vantagem da petista de se eleger no primeiro turno. O Tracking Vox Populi/Band/iG também mostra que 11% estão indecisos e 3% votam em branco ou nulo.

Espontânea
Na consulta espontânea, quando a lista com os nomes dos candidatos não é apresentada ao entrevistado, Dilma oscilou negativamente de 43% para 42%, Serra manteve-se estável em 20% e Marina avançou de 9% para 10%. O Tracking Vox Populi/Band/iG conta com 2.000 entrevistas, sendo que um quarto dessa amostra é renovada diariamente. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

E la vá Maciel atrás de votos em João Alfredo

Fotos: Clélio Tomaz
alt


alt


alt


alt

“Os evangélicos pagaram o pato”, afirma Jarbas

O senador Jarbas Vasconcelos, candidato do PMDB ao Governo de Pernambuco, comentou a ação que o PT moveu, anteontem, contra o ato promovido por pastores em Jaboatão dos Guararapes. O grupo protestava contra propostas polêmicas que seriam defendidas pelo partido, como legalização do casamento homossexual e do aborto. “É porque o PT não tolera crítica. Lula não tolera crítica e o PT também... O governador aqui (Eduardo Campos, PSB) vem da mesma escola, a escola de Lula, também não quer crítica, quer que tudo seja bem, não quer oposição, não quer o contraditório, enfim, quer exterminar a oposição. Os evangélicos pagaram o pato esse final de semana”, criticou o senador.
Uma grande carreata marcou o último domingo de campanha do peemedebista. O cortejo de militantes com bandeiras e adesivos percorreu 11 km durante cerca de 2h30, no município de Abreu e Lima. Tocando jingles dos companheiros de sua chapa, o carro de som conclamava a população a votar no senador, destacando feitos como ações em prol da Refinaria e do Porto de Suape.

DEMOCRATAS vai contestar ação petista

  
MAIA estranha atitude tomada pelo partido rival, a nove dias da eleição
SÃO PAULO (Folhapress) - O DEM vai contestar hoje no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação do PT que questiona a lei que exige dois documentos (título de eleitor e outro documento oficial com foto) para que o eleitor vote no dia 3 de outubro. Segundo o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ), o partido entende que a lei é necessária porque é a única forma de acabar com as fraudes na votação.
Maia afirma que é estranho o fato do PT apresentar a ação nove dias antes das eleições. “Além de confundir o eleitor, a tese do PT também desdenha do fato de que, em decorrência de maciça e eficiente campanha institucional realizada pelo TSE, o eleitor encontra-se suficientemente informado sobre a necessidade de apresentar, no ato de votação, o título de eleitor e um documento oficial com foto”, diz o pedido do DEM.

Benone Leão e Mendonça Filho dobradinha no Pajeú

domingo, 26 de setembro de 2010

Jarbas realiza maior ato de campanha em Abreu e Lima

Fotos: Chico Farias/Folha de PE
alt

Na reta final destas eleições, o senador e candidato ao Governo do Estado, Jarbas Vasconcelos (PMDB), realizou sua terceira carreata em campanha e segunda na Região Metropolitana do Recife. O peemedebista percorreu 11 quilômetros, passados do centro de Abreu e Lima até Caetés 1,2 e 3, acenando e cumprimentando a população, que assistiu, de suas casas, o ex-governador do Estado, acompanhado do prefeito Flávio Gadelha (PMDB), o candidato ao Senado Marco Maciel(DEM) e os proporcionais Terezinha Nunes (PSDB), Raul Henry (PMDB),e Mendonça Filho (DEM). A comitiva foi seguida por pelo menos 150 veículos e uma barulhenta militância, que fez bastante algazarra durante o trajeto.

alt

Segundo o senador, que se prepara para um debate com outros candidatos ao Governo do Estado, que ocorrerá mais tarde, patrocinado pela Rede TV!, não há nenhuma novidade em suas propostas ou abordagem crítica, como tem feito com o governador- candidato Eduardo Campos (PSB). "A ausência do governador é a novidade. Eu acho que é uma coisa esquisita, ele estar escolhendo debate para ir", provocou.

Jarbas, que vai continuar "tocando a campanha e indo para a rua", ainda não definiu quando e como será o seu último ato de campanha. Ele se reúne amanhã. às 8h, para fechar a agenda da semana, até a quinta-feira. O peemedebista comparecerá, na terça-feira, a outro debate, na TV Globo.

Veja o manifesto religioso que gerou denúncia da Frente Popular e do PT

Reprodução
alt

Reprodução
alt

Benone Leão 25000. O Estadual de Pernambuco !

Jarbas caminha na Mustardinha.



VOTE NAS ENQUETES, SOBRE AS ELEIÇÔES, PARA DEPUTADO ESTADUAL E FEDERAL, EM 2010

sábado, 25 de setembro de 2010

Benone Leão faz panfletagem em São José do Egito



Prováveis eleitos para deputado federal em Pernambuco

O levantamento feito pela assessoria parlamentar do Departamento identifica os candidatos com chance de vitória na eleição de 3 de outubro para as 513 cadeiras disponíveis na Câmara dos Deputados. A pesquisa abrange as 26 unidades da Federação e também o Distrito Federal.

O DIAP acaba de concluir seu prognóstico com o nome dos candidatos com chance de eleição para as 513 cadeiras da Câmara dos Deputados. O levantamento abrange todos os 26 estados e o Distrito Federal.Em todo o Brasil, os 27 partidos que disputam as eleições lançaram 5.965 candidatos para as 513 vagas de deputado federal.Em Pernambuco são 25 vagas disponíveis é o DIAP identificou os prováveis eleitos no Estado.PERNAMBUCO - 25 VAGAS

ANA ARRAES - PSB - REELEIÇÃO
ANDRÉ DE PAULA - DEM - REELEIÇÃO
ANTONIO SPECK - PTB - NOVO
AUGUSTO COUTINHO - DEM - NOVO
BRUNO ARAÚJO - PSDB - REELEIÇÃO
BRUNO RODRIGUES - PSDB - REELEIÇÃO
CARLOS EDUARDO CADOCA - PSC - REELEIÇÃO
CHARLES LUCENA - PTB - REELEIÇÃO
DANILO CABRAL - PSB - NOVO
EDGAR MOURY - PMDB - REELEIÇÃO
EDMAR DE OLIVEIRA - PHS - NOVO
EDUARDO DA FONTE - PP - REELEIÇÃO
FERNANDO COELHO FILHO - PSB - REELEIÇÃO
FERNANDO FERRO - PT - REELEIÇÃO
FERNANDO NASCIMENTO - PT - REELEIÇÃO
GONZAGA PATRIOTA - PSB - REELEIÇÃO
INOCÊNCIO OLIVEIRA - PR - REELEIÇÃO
JOÃO PAULO - PT - NOVO
JORGE CORTE REAL - PTB - NOVO
JOSÉ CHAVES - PTB - REELEIÇÃO
JOSENILDO - PT - NOVO
LUCIANA SANTOS - PCdoB - NOVA
MARCOS ANTONIO - PRB - REELEIÇÃO
MAURÍCIO RANDS - PT - REELEIÇÃO
MENDONÇA FILHO - DEM - NOVO
NELSON - PCdoB - NOVO
NINHO - PSB - NOVO
OSVALDO COELHO - DEM - NOVO
PAULO RUBEM SANTIAGO - PDT - REELEIÇÃO
PEDRO EUGÊNIO - PT - REELEIÇÃO
PEREIRA DE PAUDALHO - PHS - NOVO
RAUL HENRY - PMDB - REELEIÇÃO
ROBERTO TEIXEIRA - PP - NOVO
SERGIO GUERRA - PSDB - NOVO
SILVIO COSTA - PTB - REELEIÇÃO
WOLNEY QUEIROZ - PDT - REELEIÇÃO
ZÉ AUGUSTO - PTB – NOVO.

Jarbas: Maciel deve se exibir mais

RENATA BEZERRA DE MELO   
 
 SENADORES voltaram às ruas, ontem, na tentativa de reduzir as desvantagens
Um dia após divulgação da pesquisa Datafolha consolidando o senador e candidato à reeleição Marco Maciel (DEM) na terceira colocação, atrás do deputado Armando Monteiro Neto (PTB), o candidato ao Governo do Estado, Jarbas Vasconcelos (PMDB), avaliou este novo cenário. Na visão dele, o democrata precisa “se exibir” mais, andar mais”. E a mesma orientação, no seu entendimento, serve para a chapa toda como forma de “compensar a luta desequilibrada”. Jarbas conversou com a Imprensa, na tarde de ontem, após caminhada na comunidade de Jardim Brasil I, em Olinda.
Indagado, Maciel concordou com Jarbas que é preciso intensificar a campanha e afirmou que tem procurado fazê-lo por meio de “comunicação direta com o eleitorado”, ou seja, nada de ir para o confronto com os oponentes. Fiel ao seu estilo silencioso, disse não ter providenciado mudanças substanciais na campanha para a reta final. Saiu um pouco da retaguarda apenas para comentar que as pesquisas não têm traduzido o “calor humano” encontrado por ele nas ruas.

Eles são farinha do mesmo saco, bebem água no mesmo cocho, comem a mesma lavagem do governo, são do mesmo lado e bajulam o mesmo Governador II !!!


Eduardo Campos pousará hoje à tarde em Arcoverde e de lá seguirá de carro para três compromissos no Sertão: Sertânia, Afogados da Ingazeira e Carnaíba. São José do Egito foi cortado do roteiro porque a campanha lá está radicalizada. De um lado o PT com o ex-prefeito José Marcos (PR) para estadual e, do outro, o prefeito Evandro Valadares (PSB) com Ângelo Ferreira (PSB). Fogo Cruzado

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O povo de São José do Egito, espera pela construção do Canal do Ipiranga, durante os últimos 30 anos.




Canal do Ipiranga, uma vergonha de 30 anos


Paulo Jucá, José Marcos, Antônio Valadares, Marcos César e Evandro Valadares, durante os últimos 30 anos prometeram a construção do canal do bairro do Ipiranga e do bairro São Borja e até hoje nada foi feito, para melhora a qualidade de vida da população de São José do Egito, como combate as muriçocas e o mau cheiro que tira o sossego da população.
Eles votam no mesmo governador, mas não tem prestígio para a realização destas obras.


Basta de exploração, vote na oposição !!!

ELES SÃO IGUAIS...

Cadê Gonzaga Patriota, Inocêncio Oliveira, Ângelo Ferreira e José Marcos, que são Bajuladores do governo estadual e federal, que não trabalham pela terra da poesia. Lembrando que o deputado de Serra Talhada não tem uma única obra em São José, nos últimos 12 anos, muito menos o tirano das melancias.



Basta de exploração, vote na Oposição !!!

Benone Leão e Benonetes fazem panfletagem em Tuparetama




DILMA: A FILHA DE UM BRASIL QUE JÁ VIU ESSE FILME

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Os números da esperança

Os macielistas guardam a sete chaves os números das últimas pesquisas internas que mostram Marco Maciel (DEM) e Armando Neto (PTB) empatados na disputa por uma das vagas do Senado, apesar dos institutos de pesquisas indicarem que o petebista já ultrapassou o democrata.

No DEM ningúem fala sobre o assunto. Mas o que se sabe é que todo mundo lá comemora os índices de indecisos com relação aos candidatos ao Senado e um outro dado que surpreendeu os analistas de pesquisas: existe um percentual bastante elevado, acima de 20% de eleitores que não sabem que são dois os candidatos ao Senado, a serem votados nesta eleição.

Como as pesquisas internas da coligação de Eduardo Campos (PSB) devem registrar números semelhantes, esses últimos dias de camapanha devem revelar muitas surpresas por conta da disputa acirrada para o Senado.

Inocêncio Oliveira e José Marcos humilham ex-prefeito Francisco Dudu em Brejinho

O ex-prefeito de Brejinho Chico Dudu foi humilhado durante um comício que Inocêncio e José Marcos realizaram naquele município, quando pediram votos para os candidatos da chapa majoritária da frente popular, enquanto o ex-prefeito vota em Jarbas, Maciel e Raul, e ainda afirmaram que Francisco Dudu não tinha posição e que a decisão era deles, eles é quem mandavam em Brejinho.
Será que o povo vai aceitar a falta de respeito desses dois TIRANOS ?
Vamos da um grito de liberdade Brejinho !
Fora, fora, fora queremos respeito...
Basta de Exploração, Vote na Oposição !