sábado, 24 de fevereiro de 2018

Amigos de Lula percorrem o STF: julgamento do petista


Jaques  Wagner, Gilberto Carvalho e Luiz Marinho foram à corte
Mônica Bergamo - Folha de S.Paulo
Um grupo formado por amigos próximos de Lula está percorrendo os gabinetes do STF (Supremo Tribunal Federal) para falar sobre o processo do ex-presidente, que terá habeas corpus julgado pela corte.
Jaques Wagner, ex-governador da Bahia, foi recebido por Gilmar Mendes nesta semana. Gilberto Carvalho esteve com Gilmar, Ricardo Lewandowski e Edson Fachin. O ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho também foi ao STF.
Além de darem testemunho sobre Lula, eles procuram demonstrar que o comportamento do PT em relação à corte será diferente daquele adotado contra o juiz Sergio Moro e o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), de maior embate. 
Cármen Lúcia, presidente do STF, não respondeu até a sexta (23) a nenhum pedido de audiência dos petistas. 
Alguns dos mesmos interlocutores estiveram ainda com ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça). 
E a expectativa de que Luiz Fux se declare impedido no julgamento do habeas corpus de Lula não deve ser confirmada. A chefe de gabinete do ministro é nora do advogado Sepúlveda Pertence, que representa o petista. 
Fux só se declara impedido em casos de repercussão patrimonial (em que o advogado poderia ganhar um grande percentual da causa).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Militar para todo lado

Dos 22 ministros do futuro governo Bolsonaro, sete têm formação militar. Incluindo o general Santos Cruz, escalado para fazer a interlocuç...