Wilson Santiago descarta apoio a Cartaxo, ratifica apoio a RC e aponta João como favorito para 2018

Presidente estadual do PTB na Paraíba, o ex-senador Wilson Santiago descartou, em entrevista nesse final de semana, ratificou o alinhamento com o grupo do governador Ricardo Coutinho e descartou qualquer possibilidade de apoiar o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PSD), em uma eventual disputa pelo Governo da Paraíba, nas eleições de 2018.

“Nós temos uma aliança com o governador Ricardo Coutinho, e o partido tem o interesse de participar da chapa majoritária com a intenção de fortalecê-la. No momento exato iremos sentar para discutir nesse sentido”, disse.

Assim como o deputado Hervázio Bezerra, do PSB, Wilson Santiago também coloca o secretário João Azevêdo (PSB) como favorito para sucessão estadual.

“João é um técnico exemplar. Ele conhece a administração pública desde a prefeitura de João Pessoa, e agora muito mais no Estado; conhece todos os projetos,coordenou todas essas ações que hoje são elogiáveis pela Paraíba a fora. Quando se fala em governo de continuidade, ninguém mais representa a continuidade do que o secretário João Azevedo”, enalteceu o ex-senador.

Enquanto as definições não acontecem, Wilson diz que o momento é de fortalecer a legenda para chegar ao próximo pleito com o maior número de candidaturas, tanto na disputa proporcional estadual quanto na federal.

“Se as pessoas de bem não participarem da política, as pessoas do mal vão tomar conta do patrimônio nacional, e não é isso que nós queremos. Vamos trabalhar nessa linha e com certeza, num futuro próximo, teremos um resultado positivo no que se refere à eleição da chapa majoritária na Paraíba, a eleição da chapa proporcional de deputados federal e estadual, e com isso continuarmos ajudando nosso Sertão”, arrematou.

PB Agora

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo