Alckmin convoca reunião de emergência com tuca


O Estado de S.Paulo - Pedro Venceslau,

Defensor da permanência do PSDB no governo Michel Temer, o governador Geraldo Alckmin está convocando dirigentes e governadores do partido para uma reunião em São Paulo na segunda-feira, 10.  O objetivo do encontro, que deve ocorrer no apartamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em São Paulo, é tentar alinhar o discurso da legenda. 
A iniciativa foi tomada em um momento de acirramento do racha entre os tucanos. O senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do partido, disse na quinta-feira, 6, que o País “beira a ingovernabilidade” e, o senador Cássio Cunha Lima (PB), que a gestão Temer "pode estar diante do início do fim".
As declarações levaram interlocutores de Temer a pedir providências aos ministros do PSDB. Governadores do partido chegaram a cogitar escrever uma nota de repúdio a Tasso, mas recuaram.
A réplica coube ao ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, que  escreveu no Twitter: “Nem Lula nem Dilma tiverem esse tratamento de nossa parte quando éramos oposição”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo