domingo, 16 de julho de 2017

Cesar: "Maia não deve assumir por enquanto"


Pai do presidente da Câmara diz que, 'por enquanto', não vê possibilidade de afastamento do presidente Michel Temer
O Estado de S.Paulo - Valmar Hupsel Filho 

Pai e principal conselheiro do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o vereador pelo Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM) disse ao Estado, por e-mail, que “por enquanto” não vê possibilidade de afastamento do presidente Michel Temer do cargo, mas considera a possibilidade se o peemedebista for alvo de uma segunda denúncia da Procuradoria-Geral da República. Cesar está em viagem ao exterior.
Qual é a opinião do sr. a respeito da denúncia contra o presidente Michel Temer?
Essa que foi apresentada e é debatida na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) não tem fundamento.
A Câmara deveria autorizar a abertura da investigação?
Em relação a essa certamente não.
Como o sr. vê a possibilidade de o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, assumir a presidência da República em um eventual afastamento de Michel Temer?
Por enquanto não creio que isso ocorra.
Em caso de afastamento de Temer, o sr. acha que Maia deveria concorrer à Presidência?
Por enquanto não há razão para isso.
De que forma Maia deve estar preparado para assumir a Presidência da República em um eventual afastamento do presidente Michel Temer?
Não creio que isso ocorra com a denúncia apresentada.
Essa situação mudaria se a PGR oferecer uma segunda denúncia contra Temer, como parece que vai acontecer?
Depende das provas que virão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário