RENAN E COLLOR FORAM GRANDES AUSENTES DA VISITA DE TEMER A ALAGOAS


O presidente do Senado Renan Calheiros (PMDB-AL) e o ex-presidente e Senador Fernando Collor (PTC-AL) foram as ausências que mais marcaram a visita presidencial de Michel Temer ao Estado de Alagoas, nesta terça-feira (27). Talvez pela falta de justificativa de ambos, nem mesmo nos discursos do presidente e das demais autoridades os senadores estiveram presentes.
Dos três senadores alagoanos, Benedito de Lira (PP-AL) foi o único a prestigiar a agenda presidencial no Centro de Convenções de Maceió. Ainda assim, não teve chances de discursar na concorrida cerimônia com quatro ministros que não perderam a oportunidade de exaltar os feitos de seus ministérios.
A agenda positiva que liberou R$ 793 milhões para ações para a redução dos efeitos da seca não interessou a Collor nem a Renan. Porque nenhum dos dois senadores teve agendas oficiais nesta terça. Ainda que tivessem compromisso, nenhum deles seria mais importante que o evento com Temer. Cinco dos nove deputados da bancada federal alagoana também não compareceram ao evento.
O governador Renan Filho (PMDB) elogiou Temer por realizar o evento de anúncios de investimentos entre o Natal e a virada do ano. Somente para Alagoas, foram R$ 60 milhões para construir mais de 3 mil cisternas no Estado. "É prova de sua disposição", disse Renan Filho, ao pedir que o presidente voltasse a Alagoas para trazer ainda mais recursos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense