Fernando Filho desconversa sobre ida para o DEM


Blog do Edenevaldo Alves
Após votar a favor das reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB) e ir contra a opinião do seu partido, o ministro de Minas e Energia, Fernando Filho (PSB), foi acusado de estar deixando a sua legenda para ingressar no Democratas. Durante a sua passagem por Petrolina, na última sexta-feira, o ministro e deputado federal licenciado desconversou sobre o assunto.
“Diversos deputados que votaram a favor das reformas estão sendo procurados por diversos partidos, oferendo a legenda para nos receber, o DEM é um deles. Nós temos uma relação muito boa com o deputado Rodrigo Maia e participamos desse esforço inicial, que deu sustentação à sigla”, disse.
Ainda de acordo com Fernando Filho, não existe algo sinalizado até o momento sobre a migração do grupo. “Não tem nada de partidário ainda acordado, muita coisa pode acontecer, mas temos conversados com todos, porque independentemente da posição do partido, tem um grupo expressivo no PSB que vai manter o apoio à pauta de reformas que o Brasil precisa”, ressaltou.
O ministro foi quem recebeu, em Petrolina, o deputado Rodrigo Maia e o prefeito de Salvador, ACM Neto, ambos do Democratas, sinalizando um gesto de aproximação.
“Sem dúvida, o convite que fiz aos dois não deixa de ser um gesto, queria que Rodrigo Maia também pudesse conhecer o São João de Petrolina, mas por alguns compromissos, não deu certo, mas como tinha um compromisso em Salvador, ele garantiu que fariam uma visita ao prefeito Miguel Coelho para se colocar à disposição, até porque temos muitos pleitos no Governo Federal”, concluiu. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo