sábado, 7 de janeiro de 2017

Delação da Odebrecht ameaça liberdade de Delcídio


Veja – Radar On – Line – Mauricio Lima
Por Renato Onofre

Uma delação premiada do pacote da Odebrechet ameaça a liberdade do ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral. O ex-presidente da Braskem Carlos Fadigas contou, em um dos quatro anexos de sua delação, como repassou 500 000 reais ao ex-líder do governo Dilma em troca de “apoio” na aprovação do PRS 72/2010, que favoreceu a empresa em questões ligadas ao ICMS.
Também há e-mails sobre o caso, em que Delcídio é tratado como “Ferrari”. O problema para o ex-senador é que a negociata não consta da sua própria delação. Se ficar provado que escondeu isso, pode deixar sua fazenda de gado e voltar para trás das grades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário