Delgado vai lançar candidatura à presidência da Câmara


Do G1
Uma semana após a bancada do PSB anunciar que vai apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Câmara, o deputado Júlio Delgado (PSB-MG) informou, hoje, por meio de nota, que lançará uma candidatura avulsa ao comando da Casa. A eleição que definirá quem irá comandar a Câmara nos próximos dois anos está marcada para quinta-feira (2).
Na nota divulgada nesta segunda, Delgado afirmou que o anúncio oficial de sua candidatura ocorrerá, às 14h, no salão verde da Câmara.
O deputado de Minas já disputou outras duas vezes a presidência da Casa. Na primeira, em 2013, foi derrotado pelo então deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Em 2015, Delgado foi derrotado por Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Além de Maia, disputam atualmente a corrida pela presidência da Câmara os deputados Jovair Arantes (PTB-GO) e André Figueiredo (PDT-CE).
O líder do PSD, Rogério Rosso, também chegou a lançar candidatura, mas, sem o apoio da própria bancada, anunciou que iria suspender a campanha até que o Supremo Tribunal Federal analisasse se a candidatura de Maia é constitucional.
Há duas semanas, em uma reunião em Brasília que contou inclusive com a presença de Júlio Delgado, a bancada do PSB na Casa decidiu que não lançaria um candidato próprio à eleição da Câmara. Na semana seguinte, os deputados do PSB formalizaram o apoio a Maia.
Em comunicado divulgado na última segunda (23), o vice-líder do partido, Tadeu Alencar (PE), afirmava que Maia vem exercendo "com responsabilidade” a presidência “com diálogo, hábil articulação e inegável autoridade política”.
De acordo com o documento divulgado pela bancada do PSB, os deputados se compremetiam a apoiar o atual presidente da Câmara desde que ele acatasse compromissos, como um maior diálogo da Casa com a sociedade e distribuição equitativa de relatorias em matérias importantes.
Na tarde desta segunda, porém, Delgado disse que irá anuncia sua candidatura. “Pautado no resgate da independência da Casa, Júlio se lança candidato para buscar o fortalecimento do Legislativo enquanto poder autônomo”, informa nota da assessoria do deputado.
“Não podemos ter na Presidência da Casa uma espécie de líder do governo ou um opositor a ele. Somente a independência entre os poderes é capaz de resgatar o respeito da sociedade ao parlamento e possibilitar sua representação como determina a Constituição. E é exatamente isso que propomos através da nossa candidatura”, ressalta Delgado em outro trecho da nota.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo