terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Mulher de Cabral pode delatar o Judiciário


Os emissários de Adriana Ancelmo, mulher de Sergio Cabral, que procuraram advogados para a orientá-la numa eventual delação premiada dizem que ela tem um trunfo na manga: o Judiciário, e não apenas do Rio. A nformação é deMônica Bergamo, na sua coluna desta terça-feira da Folha de S.Paulo.
Como advogada e mulher de Cabral -- completa Mõnica, -- ela acompanhou indicações de magistrados e conheceria o relacionamento de alguns deles com o setor empresarial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário