domingo, 8 de janeiro de 2017

Cabral e a mulher fizeram 13 voos em jatos de Eike


Folha de S.Paulo - Ítalo Nogueira
O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (PMDB) e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo voaram, juntos ou separados, ao menos 13 vezes em jatos do empresário Eike Batista.
A utilização dos jatos para o exterior aparece no Sistema de Tráfego Internacional da Polícia Federal como parte da investigação da Operação Calicute, que prendeu o casal sob acusação de obter propina em obras no Estado.
Os aviões de matrículas PR-OGX e PR-AVX, à época de empresas de Eike, foram usados para realizar sete viagens, sendo duas oficiais e cinco a lazer, entre 2009 e 2011. Até então, sabia-se dos empréstimos em apenas três ocasiões –ou seis voos.
Eike declarou, por meio de nota, que "colocou seu avião à disposição do ex-governador". Procuradas, as defesas de Cabral e Ancelmo não se manifestaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário