Em campanha, candidatos à presidência da Câmara visitam até 2 estados por dia

G1 Brasília 
A menos de 20 dias da eleição que vai definir o novo presidente da Câmara dos Deputados pelos próximos dois anos, os candidatos trocaram o recesso de janeiro por uma agenda intensa de viagens para pedir votos. Em busca do apoio dos colegas, parlamentares chegaram a visitar dois estados por dia.
A eleição está marcada para 2 de fevereiro e será secreta. Para começar a votação, é preciso que a maioria dos deputados esteja presente em plenário (257 dos 513).
Até agora, Jovair Arantes (PTB-GO) e Rogério Rosso (PSD-DF) já lançaram oficialmente as candidaturas deles ao cargo, enquanto André Figueiredo (PDT-CE) informou que lançará nesta quarta (18).
Atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ainda não se diz candidato à reeleição, mas já iniciou uma campanha informal e disse a jornalistas que "caminha" para disputar o cargo - ele foi eleito em julho do ano passado para uma espécie de "mandato-tampão" de seis meses.

As viagens
Até a publicação desta reportagem, o candidato que mais havia viajado pelo país era o líder do PTB, Jovair Arantes. Após lançar oficialmente a candidatura, o deputado viajou a oito capitais em seis dias, chegando a visitar dois estados por dia.
Nese período, Jovair esteve em Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), São Paulo (SP), Florianópolis (SC), Vitória (ES), Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ). Ele também viajou a Porto Alegre (RS) e Rio de Janeiro (RJ).
A agenda do candidato também prevê, para esta semana, compromissos em Belo Horizonte (MG), Salvador (BA), Aracaju (SE), Maceió (AL), Recife (PE), João Pessoa (PB), Natal (RN) e Fortaleza (CE).
Ao longo das últimas duas semanas, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, viajou a cinco estados, onde participou de reuniões com deputados, governadores e dirigentes partidários em São Paulo (SP), Recife (PE), Maceió (AL), Curitiba (PR) e Florianópolis (SC).
Nesta segunda, em busca do apoio do PSDB, Maia esteve em São Paulo e se encontrou com o governador tucano Geraldo Alckmin. Na sequência, o atual presidente da Câmara seguiu para Curitiba (PR), para se reunir com o governador Beto Richa (PSDB).
Pela agenda prevista para esta semana, Maia ainda irá ao longo dos próximos dias a Salvador (BA), Campo Grande (MS) e Fortaleza (CE). Segundo a assessoria dele, nenhuma dessas viagens é feita em avião da Força Aérea Brasileira (FAB).
O deputado Rogério Rosso, por sua vez, já esteve em seis estados desde o início do ano. Passou por Pernambuco, Paraíba, Ceará , Goiás, São Paulo e Rio Grande Norte. Para Trindade (GO), Rosso diz ter ido de bicicleta. A cidade fica a 230 quilômetros de Brasília.
Rosso, que liberou a bancada do PSD para apoiar outros candidatos, disse que segue em campanha e deve ir nesta semana para Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catararina.
Segundo a assessoria de André Figueiredo, o pré-candidato não fez viagens em busca de apoio nas últimas semanas e ainda não há previsão de agendas desse tipo. As articulações foram feitas, até o momento, somente por telefone e em eventuais reuniões em Brasília e em Fortaleza, cidade do parlamentar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense