terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Secretária diz que UPA será fechada e fala sobre outras questões da saúde na cidade de Patos

A secretária de Saúde do Município de Patos, Dra. Andressa Lopes, que assumiu a pasta nesta segunda-feira, dia 02, foi a entrevistada no programa Polêmica, levado ao ar pela Rádio Espinharas AM/FM. Dra. Andressa falou sobre a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), sobre problemas na marcação de exames, além de várias outras questões que envolvem a complexa secretaria e suas demandas.
A secretária disse que a UPA recém-inaugurada pelo prefeito Lenildo Morais (PT) será fechada devido questões relativas a falta de material e devido a irregularidades, tais como ausência de contrato para recolhimento de lixo hospitalar, inexistência de gasômetro, área vermelha sem equipamentos necessários, além de pareceres técnicos que ainda não foram entregues pela AGEVISA, COREN-PB, CRM-PB, pois até agora só existe os protocolos de solicitação. “Preferimos fechar por um tempo breve pra poder regularizar todos esses problemas e voltar um serviço com qualidade que não leve risco de vida a população! ”, relatou Dra. Andressa.
Falando em relação as equipes remanejadas para trabalhar na UPA, Dra. Andressa disse que encontrou choque de horários. De acordo com a secretária, essa também foi uma questão que levou ao fechamento até que se organize para abrir. “Antes de assumir a gestão nós já vinha trabalhando para que se retorno o serviço o mais rápido possível”, completou Dra. Andressa.
O médico Eulâmpio Dantas, ex-diretor da UPA, ligou para o programa dizendo que respeita a decisão da secretária em fechar a UPA, porém discorda do fechamento pelas questões elencadas pela Dra. Vanessa, pois em nenhum momento a população foi colocada em risco e a UPA poderia fichar aberta mesmo com a ausência de alguns equipamentos. A secretária disse que o Pronto Atendimento Maria Marques, no Bairro Jatobá, será aberto na noite até que a UPA seja reaberta.
A secretária relatou que os funcionários das Unidades Básicas de Saúde e os demais servidores que estão trabalhando com horário corrido irão permanecer da mesma forma, pois existiu uma informação desencontrada que foi repassada dando conta que não seria mais adotado tal sistema. Dra. Andressa disse que na sede da Secretaria de Saúde é que o funcionamento será nos dois expedientes.
Ouvintes reclamaram da problemática causada pela ausência e demora de exames, falta de Unidade Básica de Saúde na região do grande bairro Jatobá que tem dificultado o atendimento de moradores do Conjunto Vista da Serra, Sapateiros e etc. Dra. Andressa comentou que Patos tem capacidade ainda para a construção de 11 unidades de saúde e que as questões relativas aos exames estão sendo acompanhados e planejados a sua melhoria no atendimento.
Funcionários que ainda estão sem salários referente ao mês de dezembro perguntaram quando irão receber os seus vencimentos. A secretária disse que o pagamento já foi liberado e que deverá ser regularizado nesta terça-feira, dia 03.
Jozivan Antero – Patosonline.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário