quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Confronto entre poderes não deve afetar PEC do Teto


Renan, que trava batalha política, deseja evitar problema na economia
Blog do Kennedy
O confronto entre os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e do STF (Supremo Tribunal Federal), Cármen Lúcia, não deverá atrapalhar a aprovação da PEC do Teto no Congresso. Encerrada ontem a votação na Câmara, a proposta seguiu para o Senado.
Renan, que trava uma batalha política com o Judiciário e sofre investigação na Lava Jato, não quer criar problemas na economia. Mas será uma tramitação mais difícil, porque há maior debate sobre as virtudes e defeitos dessa nova regra orçamentária. Apesar de ter tido menos votos no segundo turno na Câmara, a aprovação da PEC do Teto foi uma vitória política do presidente Michel Temer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário