Nabor critica desativação de serviços do Samu em Patos e diz que a população é que será prejudicada

Mais Patos
O deputado Estadual Nabor Wanderley (PMDB), criticou o que considerou de desmantelamento dos serviços de Saúde na cidade de Patos, a partir da denúncia de servidores do Samu 192, de que veículos do órgão que eram bancados com recursos do município, estão retirados de circulação na atual gestão.
Segundo denúncias de servidores do Samu Patos, uma camionete que era usada no apoio às ocorrências de intervenção rápida, foi retirada de circulação sob alegação de corte de gastos. Esse veículo é usado em ocorrências mais graves como acidentes em rodovias, serras, e outros para que os profissionais cheguem mais rápido ao local.
Essa viatura é dotada de toda estrutura para salvamento de vítimas. Como o veículo não era cadastrado no Ministério da Saúde, os custos do veículo eram bancados pelo município. Outra viatura que também faz o trabalho do Samu deve ser retirada de circulação já que também seus custos são assegurados pelos cofres municipais, segundo afirmam profissionais do órgão.
Para Nabor, isto mostra o descaso da atual administração para com os serviços de Saúde. Ele lembrou que tal camionete foi adquirida na sua administração e que até agora sempre o município bancou o seu funcionamento sem dificuldades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo