quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Contrariando Maia, DEM adverte que não consegue votar Previdência+/. cw



Além dos partidos do chamado Centrão, que já avisaram ao presidente Michel Temer que não votam a reforma da Previdência, o DEM também resiste em analisar o assunto na Câmara.

Ao repórter Nilson Klava, da GloboNews, o líder da bancada, deputado Efraim Filho (PB), advertiu que não há condições de votar a reforma da Previdência neste momento.

Ele vai na linha oposta do que afirmou o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, também do DEM. Maia afirmou que a reforma seria aprovada em setembro.

"É hora de o governo ter humildade e saber trabalhar com a base que saiu da votação da denúncia. O que dá para votar agora é matéria com quórum simples. Não é o caso da Previdência", afirmou Efraim Filho.

O DEM tem hoje 29 deputados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário