Ex-prefeito de Camaragibe tem bens bloqueados


Blog da Folha
O ex-prefeito de Camaragibe, no Grande Recife, João Lemos (PCdoB) teve seus bens bloqueados na Justiça Federal, após solicitação do Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco. O ex-gestor é réu em ação de improbidade administrativa por supostas irregularidades na aplicação de recursos federais provenientes do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.
De acordo com as apurações do MPF, em 2009, o então prefeito desviou cerca de R$ 240 mil, em valores atualizados até novembro de 2015, que deveriam ter sido destinados à implantação de 15 coletivos juvenis no âmbito do Projovem Adolescente. Segundo o órgão, a irregularidade também foi identificada em relatório do Tribunal de Contas da União (TCU).
Diante dos indícios de recursos federais, a Justiça acatou os argumentos da procuradora da República Sílvia Regina Pontes Lopes, responsável pelo caso, e determinou o bloqueio dos bens de João Lemos em aproximadamente R$ 850 mil.
O valor é correspondente ao suposto prejuízo a ser ressarcido aos cofres públicos mais multa no valor de duas vezes o dano causado, montante que deverá ser pago em caso de condenação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo