quinta-feira, 31 de agosto de 2017

O comando do PMDB é de Fernando Bezerra

Jarbas Vasconcelos não gostou do vazamento da notícia, por este blogueiro, de que o senador Fernando Bezerra Coelho, em fase de despedidas no PSB, está aterrissando no PMDB. Na rádio JC, disse que minha informação era uma “perua”, ou seja, notícia falsa. Mas eu reafirmo: FBC fechou com a direção nacional do PMDB e não chega no partido em Pernambuco como coadjuvante.
Chega para mandar. E mandar muito! Seu grupo será hegemônico no PMDB estadual. Para não passar pelo constrangimento de sofrer uma intervenção, Jarbas, que não queria nem ouvir falar nisso, já aceitou se compor com o senador. Uma perguntinha ao deputado Jarbas Vasconcelos: macaco velho, Fernando Bezerra vai entrar num partido para não ter o controle, depois de tudo que passou no PSB?
Fernando Bezerra ingressa no PMDB para fazer do seu filho, o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho, candidato a governador. E quem lança um filho para uma eleição majoritária pode prescindir da hegemonia de um partido? Evidentemente que não. O PMDB de Pernambuco, portanto, tem um novo mandatário, mesmo que não assuma, oficialmente, a presidência: Fernando Bezerra Coelho.
A Jarbas, que tem encontro agendado para conversar na semana que vem com o presidente Romero Jucá e o presidente do Senado, Eunício Oliveira, só resta se compor com FBC, o que implica num afastamento automático do PSB e do palanque de Paulo Câmara em 2018. Se quiser sair senador, terá que ser na chapa de Fernando Filho. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário