Jucá insiste na expulsão de Requião e Kátia Abreu, mas deixa Jarbas Vasconcelos quieto

Sob a presidência do senador Romero Jucá (RR), o PMDB está considerando a possibilidade de expulsar os senadores Roberto Requião (PR) e Kátia Abreu (TO) porque eles não rezam pela cartilha do Palácio do Planalto.
Três requerimentos pedindo a expulsão de ambos foram encaminhados à Comissão de Ética do partido para emissão de parecer.
No entanto, como formiga conhece a roça que corta, Jucá silenciou sobre o deputado Jarbas Vasconcelos (PE), que foi um dos peemedebistas que votaram a favor da denúncia contra o presidente Michel Temer na última quarta-feira, dia 2.
Jarbas explicou que votou a favor da denúncia por “coerência política”, ou seja, para que o presidente da República fosse investigado.
Um dos requerimentos partiu da Secretaria Nacional da Juventude do PMDB, presidida por Assis Filho, para quem os dois senadores

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo