segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Jucá insiste na expulsão de Requião e Kátia Abreu, mas deixa Jarbas Vasconcelos quieto

Sob a presidência do senador Romero Jucá (RR), o PMDB está considerando a possibilidade de expulsar os senadores Roberto Requião (PR) e Kátia Abreu (TO) porque eles não rezam pela cartilha do Palácio do Planalto.
Três requerimentos pedindo a expulsão de ambos foram encaminhados à Comissão de Ética do partido para emissão de parecer.
No entanto, como formiga conhece a roça que corta, Jucá silenciou sobre o deputado Jarbas Vasconcelos (PE), que foi um dos peemedebistas que votaram a favor da denúncia contra o presidente Michel Temer na última quarta-feira, dia 2.
Jarbas explicou que votou a favor da denúncia por “coerência política”, ou seja, para que o presidente da República fosse investigado.
Um dos requerimentos partiu da Secretaria Nacional da Juventude do PMDB, presidida por Assis Filho, para quem os dois senadores

Nenhum comentário:

Postar um comentário