quarta-feira, 19 de abril de 2017

Bispo disse que PE está às baratas, revela Izaías

Falando, há pouco, na plenária da oposição na Câmara de Vereadores, em Garanhuns, o prefeito anfitrião Izaías Regis (PTB) não mediu as palavras para atacar o governador Paulo Câmara (PSB), que, segundo ele, é inimigo do município. O trabalhista chegou a afirmar que o bispo de Garanhuns, dom Paulo Jackson, na missa da Páscoa, desapontado, disse em sua preleção ter a sensação de que o Estado está entregue às baratas.
Izaías voltou a dar explicações sobre o gesto de não receber o governador Paulo Câmara, há 15 dias. Afirmou que foi acusado de mal-educado e descortês, mas que se ausentou simplesmente para não constranger o governador. "Eu não iria me sentir à vontade, porque poderia ser acusado de estar tirando proveito de um evento deles falando minhas verdades", afirmou.
O prefeito disse, ainda, que o governador trata muito mal a cidade de Garanhuns. "Agora mesmo estamos fazendo o festival Dominguinhos sem um centavo de apoio do Estado", afirmou. Izaías afirmou, por fim, ter a convicção de que o povo de Garanhuns irá dar o troco ao tratamento de mendigo que recebe derrotando nas urnas Paulo Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário