Mendonça continua ampliando seu raio de influência em Pernambuco

O ministro Mendonça Filho (Educação) continua ampliando o seu raio de influência em Pernambuco, já que apareceu na última pesquisa do Instituto Maurício de Nassau com 10% de intenções de votos dos pernambucanos para o governo estadual.
Ele liberou nesta quarta-feira (19) R$ 87 milhões para o Instituto Federal de Pernambuco (IF-Sertão), as Universidades Federal, Federal Rural, Universidade do Vale do São Francisco (Univasf) e Fundação Joaquim Nabuco.
Os recursos serão aplicados na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, dentre outras necessidades.
Desde o início do ano, o MEC já repassou R$ 96 milhões para as instituições federais em Pernambuco, o que só aconteceu porque o ministro é pernambucano e deputado federal pelo DEM.
Para todo o Brasil, foram destinados, R$ R$ 199,52 milhões. Desse valor, R$ 27,26 milhões serão destinados especificamente para o pagamento de despesas relacionadas à assistência estudantil.
Outros R$138,19  milhões foram transferidos às Universidades Federais, incluindo repasses para hospitais universitários. Já a rede federal de educação profissional, científica e tecnológica receberá R$ 59,73 milhões.
O restante, R$ 1,59 milhão, foi repassado às unidades Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), Instituto Benjamin Constant (IBC) e Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj).
Desde o início do ano, o MEC repassou R$ 1,9 bilhão para as instituições federais, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo