Previdência: mudanças não seduzem base local


Do Diario de Pernambuco – Rosália Rangel
As mudanças apresentadas ao projeto da reforma da Previdência podem não ter o retorno esperado pelo governo, mas ajudaram a reverter algumas situações. O deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB), por exemplo, entendeu como positiva a flexibilização feita em relação a aposentadoria das mulheres e se mostrou favorável à proposta. Outros parlamentares, no entanto, acreditam que as alterações não irão mudar a opinião de quem já se posicionou contra.
“Sou a favor da reforma da Previdência e por isso mesmo entendo que o governo federal, que sinaliza flexibilizar a questão relativa às mulheres, ainda tem espaço para negociar e flexibilizar outros pontos importantes”, ponderou Jarbas.
“São mudanças fora de hora. Mais de 300 deputados declaram voto contrário. Não acredito que mudem. Considero esse projeto morto”, destacou Daniel Coelho (PSDB). O deputado Betinho Gomes (PSDB), por sua vez, avaliou que somente depois de “muita pressão” o governo resolveu rever algumas posições. “Mesmo assim, ainda deixou dúvidas no ar. Nesse sentido, me posiciono contra a reforma mesmo com os ajustes apresentados ao relatório final”, frisou o tucano.
Já para o deputado Danilo Cabral (PSB), o movimento de flexibilização de alguns pontos da reforma não atendeu à expectativa da sociedade. “A proposta continua sendo muito dura para os trabalhadores. O governo propõe austeridade para os mais fracos, mas não para os que estão no andar de cima”, contestou.
O deputado André de Paula (PSD) disse que as mudanças que estão acontecendo no texto original “são importantes”. “Estou convencido que vão ajudar na aprovação”. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense