Contribuição sindical: lidando com a perda


O Globo - Coluna Poder em Jogo
Por Lydia Medeiros

Com medo de serem derrotados na reforma trabalhista, e ficar sem a farta arrecadação da contribuição sindical obrigatória, deputados ligados a centrais sindicais, liderados por Paulinho da Força (SDD), articulam um meio de amenizar o possível rombo nas contas das entidades sem ao dinheiro do imposto.
 A ideia é criar uma regra de transição para suavizar as perdas. O grupo percebeu que há um clima desfavorável às centrais na Câmara. Nos estados, os sindicatos pressionam os parlamentares contra a reforma da Previdência, divulgando fotos daqueles que apoiam as mudanças com o carimbo de “traidor”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense