Irmão de Renan é acusado de empregar fantasmas


Radar Online
Quando a fase não é boa, não há santo que ajude. E a maré, definitivamente, não está para os Calheiros.
Não bastasse Renan e seu filho citados na Lava-Jato, Olavo Calheiros, irmão do senador, é um dos nove deputados estaduais envolvidos no chamado “Sururu Gate”, escândalo que atingiu a Assembleia Legislativa de Alagoas.
Os parlamentares são acusados de empregar funcionários fantasmas que também recebiam o bolsa-família. Olavo vai depor na Polícia Federal até o fim do mês

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense