sábado, 5 de agosto de 2017

Câmara quer restringir troca-troca em comissões


O Estado de S. Paulo - Coluna do Estadão
Por Andreza Matais e Marcelo Moraes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, criou comissão especial para alterar o regimento interno da Casa. Uma das mudanças será restringir o troca-troca nas comissões, como ocorreu às vésperas da denúncia de Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça. A substituição de integrantes do colegiado só poderá ser feita mediante documento assinado por dois terços da bancada à qual pertençam ou renúncia oficializada ao líder. A previsão é de que o grupo, formado por 70 membros (titulares e suplentes), comece a trabalhar em até duas semanas.
Não direciona. A Comissão do Regimento vai tentar implantar também um sistema de distribuição eletrônica para a escolha de relatorias das comissões, a exemplo de sorteios de tribunais. Hoje, quem define é o presidente do colegiado.
Sem palanque. Outra alteração polêmica é reduzir o tempo de discurso de deputados no plenário, muito usado para protelar as votações. A intenção é dar maior celeridade às sessões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário