Operação conjunta prende 23 no Rio


Foram 18 mandados, cinco prisões em flagrante de três mortos
Do Blog Diário do Poder

A operação conjunta realizada neste sábado (5) pelas forças de segurança estaduais e federais no Rio de Janeiro cumpriu 18 mandados de prisão e prendeu cinco pessoas em flagrante. As informações foram divulgadas no início desta noite pela Secretaria Estadual de Segurança Pública. O balanço informou também a morte de três pessoas em confronto com a polícia e a apreensão de dois adolescentes.
Em coletiva na manhã de hoje, autoridades envolvidas na coordenação da operação, batizada de Onerat (carga, em latim), já haviam informado que, entre os mandados de prisão cumpridos, nove eram para pessoas que já estavam detidas em presídios. Segundo o balanço divulgado por volta das 18h, um foragido da justiça está entre os detidos que foram encontrados nas favelas.
A ação buscava cumprir 40 mandados de prisão no Complexo do Lins, na zona norte do Rio, além de 15 mandados de busca e apreensão. Além do conjunto de favelas, houve operações nos complexos do Chapadão e Pedreira, no Morro São João e na Covanca. As Forças Armadas atuaram no cerco a pontos estratégicos do entorno e as polícias foram as responsáveis pelas buscas no interior das comunidades.
Foram apreendidas três pistolas, duas granadas e quatro radiotransmissores durante a ação, que busca combater o roubo de carga no estado. Uma moto e 21 automóveis também foram apreendidos pelos agentes, que recuperaram carga roubada. Os itens encontrados incluem material escolar, cosméticos, roupas e parte do carregamento de um caminhão dos Correios que foi roubado e levado para o Morro São João na última sexta-feira. Às apreensões também se somam 4 quilos (kg) de cocaína e 13 kg de maconha.
A operação começou por volta das 3h30 deste sábado, e a Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá teve que ser fechada nos dois sentidos, por sua proximidade com o Complexo do Lins. Os acessos à via foram liberados por volta das 18h.
Policial morto
Um policial militar que participava da operação pelo Batalhão de Ação com Cães (BAC) morreu hoje quando transportava dois suspeitos para a Cidade da Polícia. Segundo a Polícia Militar, a viatura em que o PM estava se envolveu em um acidente com um ônibus na zona norte do Rio, no bairro Encantado.
Os dois suspeitos que estavam sendo transportados e mais um policial militar se feriram no acidente. Os feridos foram levados para o Hospital Salgado Filho, onde o policial militar que morreu chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense