domingo, 6 de agosto de 2017

PSDB se desintegra. Caciques ameaçam debandada


Ala do PSDB que atuou para barrar a denúncia contra Michel Temer acusa o senador Tasso Jereissati (CE) de continuar incitando a divisão na sigla. A irritação é tanta que o ministro Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) disse a aliados que não descarta deixar o partido.
Imbassahy não estaria sozinho. Outros integrantes da legenda ameaçam debandar se não houver uma acomodação de todas as tendências no discurso do senador, que é presidente interino da sigla.
Esses integrantes também se irritaram com o fato de Aécio Neves, presidente licenciado da legenda, ter mantido Tasso no posto mesmo após a derrota da ala apoiada pelo cearense, que pregava o desembarque do governo Temer. (Painel - Folha de .Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário