DESDE LULA, CENTRAIS NÃO PRESTAM CONTAS AO TCU


Diário do Poder

A Lei 11.648, que Lula sancionou em 2008, atribuiu às “centrais sindicais”, como a CUT, direitos de órgãos públicos, só para que possam receber... verbas públicas. Vetou apenas o artigo que obrigava centrais, confederações, federações e sindicatos a prestarem contas desses recursos ao Tribunal de Contas da União (TCU). A lei nem previa punição por não prestar contas, mas Lula sepultou o “incômodo”. 
O Ministério do Trabalho inventou que fazer sindicatos prestar contas seria contra Constituição, “que garante a autogestão” das entidades.
Entidades sindicais recebem do governo cerca de R$ 3,5 bilhões por ano. São R$200 milhões só para centrais. Sem precisar prestar contas.
A CUT, braço sindical do PT et caterva, não disponibiliza publicamente qualquer dado sobre como gasta os milhões repassados pelo governo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crescem os riscos de Patos ficar totalmente sem água no ano que vem.

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo