PSB errou e o povo de Caruaru consertou


Do Blog da Folha
O vice-presidente estadual do PSB, Luciano Vasquez, teceu inúmeras críticas a estratégia do partido nas eleições à Prefeitura de Caruaru. Aliado da prefeita eleita Raquel Lyra (PSDB), ele voltou a dizer que a legenda não deveria ter abandonado a tucana tanto no primeiro turno, com a postulação de Jorge Gomes (PSB), quanto no segundo, com o apoio a Tony Gel (PMDB).
“Quando governantes erram, o povo acerta. Foi assim que aprendemos com Arraes e Eduardo (Campos)”, frisou o socialista.
“Não adianta colocar camisa de força que o povo coloca camisa da liberdade. Está lá ela como primeira mulher prefeita em Caruaru. Disputou contra duas máquinas e teve uma máquina em cima dela que não concordo com isso”, disse.
O dirigente socialista também chegou a alfinetar Tony Gel. “Ele nunca militou conosco. Chegou ao apagar das luzes do governo Eduardo”, relatou Vasquez.
Segundo o socialista, o que o PSB cometeu com Raquel Lyra não “se faz nem com o adversário”
“Não poderíamos ter aberto mão de Raquel Lyra, reconhecida por toda a classe política. Dali já começava a falta de discussão e a forma como fizemos. Tirar na última semana sem nem ouvi-la. Isso não se faz nem com adversário, de tirar do partido de forma bruta. Heraldo (Selva), Miguel (Coelho), pessoas filiadas ao partido sem apoiar Miguel Coelho. É dessa forma que temos que ter esclarecimento”, argumentou.
O dirigente confessou que tentará trazer a prefeita eleita de Caruaru novamente para a base do governo.
“É preciso gestos e unidade. Reconhecer equívocos com ela. Vou trabalhar para que Raquel esteja conosco. Vou trabalhar para PSB apoiar ela, mas PSB tem que ter humildade. Todo mundo sabe que não foi decisão da base, mas da cúpula do partido. Houve um erro. Uma decisão solitária da cúpula partidária. Agora é a hora de reunificar o partido e fazer avaliação profunda dos acertos e dos equívocos”, afirmou o socialista.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Maranata: empresa terceirizada tem lucros exorbitantes após ser contratada pela Prefeitura Municipal de Patos

Governador afaga PMDB de Patos e presenteia Grupo Mota com direção da Maternidade. Ricardo teria exigido nome de médico para o cargo

Nova Farmácia Básica do Centro é entregue à população patoense